Ultimas

medicina

biologia

Acompanhe:

10 animais lindos e fofos, mas que podem te matar!

Nem sempre os animais vêm acompanhados de placas como “Perigo, cão bravo”. Muitas vezes, nem sequer imaginamos que a criatura fofa para qual estamos olhando poderia nos aniquilar sem peso na consciência.

10. Alce

animais fofos que podem te matar 10 Não deixe a cara de bobo do alce te enganar. Esses animaiss são agressivos e imprevisíveis, e adoram atacar qualquer ser que eles acharem que estão invadindo seu espaço pessoal. Também são muitos rápidos (correm a 56 km/h) e fortes (mais do que você, com certeza). Por fim, tem tolerância zero se acham que seus filhotes estão ameaçados. Alces atacam mais humanos por ano do que ursos.

9. Loris

animais fofos que podem te matar 9 Primatas do gênero Nycticebus, esses animais, conhecidos em inglês como “slow loris”, parecem criaturas ingênuas com olhos de dó, mas não é preciso ter pena deles: os loris têm uma mordida muito forte. Caçados ilegalmente para uso na medicina asiática, há uma lenda de que os loris são venenosos. Pensa-se que suas secreções glandulares contêm veneno por causa de reações anafiláticas aparentes que seres humanos têm quando são mordidos. A dor, de fato, é forte. Já a suposta toxina que os animais liberam é semelhante ao alérgeno de pelo de gato, portanto, parece mais plausível que as secreções apenas provoquem uma reação alérgica, não intoxicação. Em resumo: mordidas de loris causam um inchaço doloroso, mas não são venenosas. Ainda assim, já causaram morte humana por resultado de choque anafilático.

8. Grandes felinos

animais fofos que podem te matar 8 Os pequenos gatos, domésticos, são uma gracinha, mas mesmo eles podem ser perigosos – e todo mundo que tem um sabe disso. Da mesma forma, osgrandes gatos,ou grandes felinos (grupo que inclui tigres, leões, onças e leopardos), são incrivelmente bonitos e igualmente ferozes. Predadores naturais, todos correm muito mais do que você, tem mandíbulas poderosas que quebram ossos e são muito temperamentais.

7. Casuar

animais fofos que podem te matar 7 O casuar é uma ave de grande porte, nativa do nordeste da Austrália, Nova Guiné e ilhas circundantes. Parece um animal desajeitado e na dele, mas o casuar é extremamente agressivo e territorial. Muito rápida, essa ave é capaz de correr até 50 km/h e chutar poderosamente suas vítimas com garras de 12 centímetros que podem estripar uma pessoa. Nem preciso dizer que centenas de humanos já foram atacados por esse bicho.Felizmente, só um morreu - da maneira mais trágica possível, com uma ferida no pescoço.

6. Rãs-dardo-venenosas

animais fofos que podem te matar 6 Encontradas em várias cores, a aparência dessas rãs serve como um sinal de que elas são muito venenosas. Nem todo mundo entende esse alerta, no entanto. Felizmente, das diversas espécies de rãs-dardo-venenosas (que tem esse nome porque indígenas costumavam usar sua toxina na ponta de dardos), somente três são mortais para humanos. Apenas um indivíduo da espécie Phyllobates terribilis, a mais venenosa, pode matar até 20 mil ratos.

5. Glutão

animais fofos que podem te matar 5 Só temos uma coisa a dizer: esse animal, cujo nome em inglês é “wolverine”, inspirou o personagem da Marvel. Muito agressivo, suas garras afiadas e mandíbulas fortes são uma receita perfeita para o perigo, ainda mais levando em conta que o glutão é muito esperto – ele parece um pequeno urso, mas é na verdade o maior mamífero da família da doninha. Glutões escapam de armadilhas com facilidade e roubam presas até de lobos. Humanos até agora falharam em suas tentativas de domesticar esse bicho selvagem.

4. Foca-leopardo

OLYMPUS DIGITAL CAMERA A foca-leopardo é a segunda maior espécie de foca na Antártida. Apesar da aparência de coisa-mais-fofa-do-mundo, esses animais são excelentes predadores e alimentam-se de pinguins, cefalópodes e até de outras focas. A orca é o único predador natural da foca-leopardo, o que significa que esse bicho feroz pode se defender muito bem – perde apenas para uma criatura com apelido de “assassina”, o que parece justo. Humanos já foram mordidos por essas focas monstruosas.

3. Polvos-de-anéis-azuis

animais fofos que podem te matar 3

De todas as criaturas marinhas de que temos medo, os polvos geralmente não entram na lista. Mas deveriam, especialmente se você estiver na Austrália. Muito venenosos, pessoas que foram mordidas por polvos-de-anéis-azuis já morreram. Pequenos, esses polvos aparecem em águas rasas e muitos tentam tocá-lo, desconhecendo seu poder fatal. Em poucos minutos, apenas uma mordida tem poder para aniquilar 20 humanos. Não há antídoto para seu veneno.

2. Baiacu

animais fofos que podem te matar 2 O baiacu, ou peixe-balão, é o segundo vertebrado mais venenoso do mundo. Seu veneno, tetraodotoxina, é uma substância mais forte que cianureto, capaz de paralisar suas vítimas. Embora seja considerado uma iguaria, é melhor se certificar que você está comendo uma parte segura desse peixe – fatal é apelido para sua toxina. Não há antídoto conhecido.

1. Macacos e símios

Nossos parentes mais próximos, muitas vezes humanos se sentem à vontade perto desses primatas e, por isso, acabam pegando doenças que os macacos e símios podem transmitir para humanos, como hepatite C, febre amarela e malária. Além disso, por eles se parecerem muito conosco, temos uma falsa sensação de segurança e empatia perto deles, quando na verdade esses animais são agressivos. Principalmente gorilas e chipanzés podem atacar pessoas, caso se sintam ameaçados. Aliás, eles nem precisam se sentir ameaçados. Macacos e símios são geralmente imprevisíveis e, do mesmo jeito que seus temperamentais primos humanos, podem atacar outro ser “do nada”, só para fazer uma ceninha e chamar a atenção. 

Via: hypescience

Elas passaram dos 40 e ninguém diz!

Belíssimas mulheres com mais de 40 que cuidam muito bem do corpo e da saúde exibindo com orgulho seus corpaços, até melhores que certas garotinhas.

Núbia Oliver

Letícia Spiller

Mari Alexandre

Ana Paula Arósio

Nívea Stelmann

Eliana

Viviane Araújo
Via: Não Tá Fácil

20 Dicas de tatuagens que brilham no escuro

As tatuagens ultravioletas são perfeitas para quem quer fazer uma tatuagem diferente e cheia de estilo. Apesar de não ser muito comum no Brasil, a tatuagem UV é muito popular em alguns países como Estados Unidos e Japão.

Elas são visíveis apenas sob luz negra, sendo ideais para quem é mais discreto e ao mesmo tempo para quem quer arrasar em festas noturnas, em boates e pubs. Mas, se ser discreto não é a sua onda, você pode combiná-las com tatuagens visíveis para ter um efeito único.

Veja abaixo 20 dicas de desenhos interessantes para quem quer fazer uma tattoo UV!

1.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-1

2.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-2

3.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-3

4.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-4

5.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-5

6.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-6

7.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-7

8.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-8

9.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-9

10.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-10

11.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-11

12.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-12

13.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-13

14.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-14

15.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-15

16.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-16

17.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-17

18.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-18

19.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-19

20.

tatuagens-que-brilham-no-escuro-20
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Via: Bored Panda

Bagre ferra o pé de jovem em futebol na praia

Adolescente, de 16 anos, sofreu acidente na Ponta da Praia, em Santos, SP. Após receber os cuidados médicos necessários, rapaz foi liberado.

Um adolescente de 16 anos pisou no "ferrão" de um bagre enquanto jogava uma partida de futebol na praia de Santos, no litoral de São Paulo, nesta sexta-feira (5).

De acordo com uma testemunha, o jovem estava com um grupo de amigos, no bairro Ponta da Praia, quando se acidentou. O Corpo de Bombeiros foi acionado e realizou o resgate da vítima.

"Estávamos jogando bola próximo as tendas, quando ele pisou no bagre. Como o animal estava sob a areia, não conseguimos ver. Como não pode tirar o peixe após a contusão, chamamos os bombeiros. Ele reclamou bastante de dor", explica Caio Flores Bio, de 16 anos, que estava com a vítima no momento do acidente.

O jovem foi encaminhado ao Pronto Socorro da Zona Leste e, segundo a Prefeitura de Santos, teve um ferimento na região da sola do pé. Após receber os cuidados médicos necessários, o rapaz foi liberado.

Jovem pisou em bagre durante partida de futebol em Santos (Foto: Caio Bio / Arquivo Pessoal)

Outros casos
 
O primeiro caso de acidente envolvendo bagres em Itanhaém aconteceu no início do mês, na Praia do Centro, conhecida popularmente como "Praião", quando uma mulher foi atingida pelos ferrões do animal.O peixe ficou preso à barriga dfa vítima, que precisou ser submetida a uma microcirurgia. 


Bagre ficou preso no cotovelo de banhista em Itanhaém, SP (Foto: Cristian Fernandes / Arquivo Pessoal)

Em seguida, um novo caso aconteceu no dia 9, quando um bagre ficou preso no braço de uma banhista na região da Boca da Barra.

A terceira e a quarta ocorrências foram registradas no mesmo dia, sendo que uma delas é de uma dona de casa, que esbarrou em um saco de lixo, que continha um bagre morto. No mesmo dia, uma criança, com idade entre nove e dez anos, deu entrada na unidade de saúde de Itanhaém com ferimentos causados por um bagre.

O quinto caso aconteceu com uma mulher de 54 anos, também turista. Ela foi atingida pelo ferrão do peixe enquanto pescava com o marido. Arícia Aparecida Gouveia Dias contou ao G1, inclusive, que comeu o peixe após o incidente. A UPA de Itanhaém também registrou o atendimento de um idoso que pisou no ferrão enquanto caminhava na praia.

Já a sétima vítima foi ummorador de Santos, que também acabou se ferindo durante uma caminhada na Praia do Boqueirão. A cabeça do animal ficou presa ao pé dele.

O oitavo caso foi registrado na tarde do último domingo (24), quando uma menina de 12 anos pisou no "ferrão" do animal na faixa de areia de uma praia de Itanhaém.

Bagre ficou preso no pé do homem (Foto: Sueli Alves / Arquivo Pessoal)

Especialistas
 
Os casos preocupam moradores e turistas, mas o biólogo Alexandre Pires Marceniuk, especialista em peixes marinho-estuarinos, não vê motivo para pânico. Em entrevista ao G1,o biólogo afirmou que a espécie não ataca humanos e que, no momento do acidente, os animais provavelmente estavam mortos.

As regiões de Itanhaém onde os acidentes aconteceram são próximas e marcadas pelo encontro do rio com o mar.

O biólogo aconselhou os banhistas que frequentam as praias a ficarem atentos, já que os espinhos podem causar graves ferimentos. "É como se fosse um anzol. Ele entra fácil e é muito difícil de sair. Os ferrões causam uma infecção. Se alguém puxar o espinho vai ser pior ainda, porque pode causar uma dilaceração. Tem que ir ao médico de qualquer jeito", afirmou.

Boca da Barra, em Itanhaém, SP (Foto: Prefeitura de Itanhaém)

 Via: G1


notícias

curiosidades

celebridades

 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Psicanálise em Ação!