Ultimas

Síndrome da falta de higiene

DIÓGENES

Síndrome de Diógenes

As desordens mentais afetam milhões de pessoas no mundo todo.  A Síndrome de Diógenes é uma delas. Foi inspirada em um filósofo grego chamado Diógenes que vivia em um barril pregando ideais de animalismo e niilismo. Esta síndrome é caracterizada por extremo negligenciamento, tendências reclusivas e acumulação compulsiva, algumas vezes de animais. A doença normalmente afeta pessoas de idade avançada que vivem sozinhas, caracterizando-se pelo total abandono pessoal e social, e pelo isolamento voluntário em seu próprio lar.

A síndrome de Diógenes (SD) caracteriza-se por descuido extremo com a higiene pessoal, negligência com o asseio da própria moradia, isolamento social, suspeição e comportamento paranóico, sendo frequente a ocorrência de colecionismo. A incidência anual é de 5/10.000 entre aqueles acima de 60 anos, e pelo menos a metade é portadora de demência ou algum outro transtorno psiquiátrico. As principais hipóteses etiológicas são:

(1) a condição representaria o "estágio final" de um transtorno de personalidade;

(2) a síndrome seria uma manifestação de demência do lobo frontal;

(3) a SD seria o estágio final do subtipo hoarding do TOC;

(4) a SD seria uma via final comum a diferentes transtornos psiquiátricos, especialmente aqueles associados ao colecionismo;

(5) a síndrome seria precipitada por estressores biológicos, psicológicos e sociais, associados com a idade, em indivíduos com traços de personalidade predisponentes. É conhecido que existem apenas relatos de casos envolvendo tratamentos específicos para a SD, particularmente a risperidona. Por se tratar de condição grave, com elevada mortalidade por problemas clínicos, estudos se fazem necessários para determinar as melhores estratégias de abordagem desses pacientes.

A SD é uma condição grave que requer uma abordagem multiprofissional. Os poucos trabalhos existentes não incluíram indivíduos mais jovens nem moradores de rua com quadros de autonegligência severos. Estudos são necessários para determinar as melhores estratégias de abordagem desses pacientes.
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!