Ultimas

Seios grandes para levantar a autoestima

image

Mamas estão diretamente ligadas à simbologia da feminilidade. Anualmente, a procura por implantes mamários cresce em torno de 20% em todo o mundo.
  image

As mamas têm uma importância muito grande na vida das mulheres. Da puberdade à menopausa – em razão das influências hormonais –, as mamas passam por variações de tamanho e forma. Costuma ocorrer um aumento das glândulas mamárias durante a puberdade e, depois, na gestação. Posteriormente, na menopausa, há queda na produção hormonal e a substituição das glândulas por gordura. Isso leva à perda da consistência das mamas.

image

Além dessas questões, não podemos deixar de considerar as oscilações (ganhos e perdas de peso) que a mulher pode experimentar ao longo da vida, levando ao aumento ou à diminuição (e queda) das mamas. Temos, ainda, os casos de falta de desenvolvimento mamário, resultando em mamas pequenas (hipomastia).

image

Valorização da feminilidade

Do ponto de vista estético, as mamas simbolizam feminilidade, maternidade, sensualidade. Por essas razões, quando a mulher opta pelo uso de uma prótese de silicone pensa também em aumentar sua autoestima, seu poder de sedução. Podemos afirmar que o aumento dos seios está diretamente ligado ao incremento da feminilidade.

image

Essa modalidade de intervenção estética produz um resultado imediato. Não por acaso, é a que apresenta maior índice de satisfação dentro da cirurgia plástica – até mais do que as cirurgias de redução das mamas. Anualmente, a procura por implantes mamários cresce em torno de 20% em todo o mundo.

image

Segurança no uso do silicone

O silicone é um material aloplástico (sintético) utilizado em diferentes situações médicas, como a neurocirurgia e a cirurgia cardíaca. Na cirurgia plástica, estão disponíveis na forma de próteses para mamas, peitorais, panturrilhas e glúteos, entre outros.

image

Esse material começou a ser utilizado na área da cirurgia plástica em 1958 e, após mais de 50 anos de uso, é considerado seguro e o mais efetivo para o aumento mamário. Isso se deve à biocompatibilidade (não causa rejeição) e à bioestabilidade.

image

O uso de silicone também nunca foi apontado como causador de doenças, como câncer de mama ou problemas imunológicos. Ao contrário disso, as próteses não interferem na amamentação nem no diagnóstico precoce do câncer de mama.

image

Apenas a utilização de silicone líquido é proibida, pelos riscos de difusão do material. Por esse motivo, as próteses mais modernas são de silicone gel de autocoesividade. Isso significa que, se as próteses se romperem, não existe risco de extravasamento do silicone.

image

Cirurgião não pode errar nas escolhas 

O cirurgião plástico tem um papel importante na escolha do tipo de prótese a ser utilizada. É importante que ele leve em consideração aspectos como formato, tamanho, marca, posicionamento e via de acesso da prótese.

image

Quanto ao resultado, espera-se que o aumento dos seios seja efetivo e não gere frustração na paciente. E, claro, resulte em mamas belas, simétricas, proporcionais em relação ao restante do corpo e – muito importante – em relação à personalidade da paciente.

image

Acompanhamento pós-cirúrgico

O acompanhamento da paciente após a cirurgia de aumento mamário deve ser feito mediante a realização de exames de ultrassom e de mamografia, associados à ressonância nuclear magnética (esta é a melhor avaliação que pode ser feita para verificar a integridade das próteses).

image

No pós-operatório, o cirurgião deve estar atento a alguns fenômenos que podem ocorrer. Um deles é o da contratura capsular, que consiste no endurecimento das mamas, devido aos implantes. Este fenômeno é de causa multifatorial: ocorre uma cicatrização interna mais intensa, levando à formação de uma cápsula, semelhante a uma cicatriz ao redor da prótese, numa tentativa de isolar o material do corpo humano.

image

Acredita-se que a presença de hematomas intensos no pós-operatório ou de infecção são fatores que predispõem ao surgimento dessas cápsulas. O tratamento da contratura vai depender do grau do fenômeno, podendo ser clínico ou cirúrgico.

image

A troca das próteses 

Em relação ao prazo de validade das próteses, ainda não existem dispositivos definitivos, que não precisem ser trocados. Trata-se de um material que, com os anos, sofre desgaste, e a troca é uma questão de segurança para a paciente. Com as próteses mais modernas de silicone coesivo, podemos adiar a troca para um prazo superior a dez anos. O cirurgião plástico, mediante exames de avaliação, tem condições de orientar a paciente a fazer essa troca.

image

É interessante notar que, no momento da troca, em mais de 80% dos casos, as pacientes tendem a colocar próteses maiores. Há um desejo de aumentar as mamas, pois, com o passar dos anos, como já foi dito, ocorrem mudanças hormonais, ganhos e perdas de peso, substituição da glândula mamária por gordura e outros fatores que influenciam a qualidade de vida das mulheres.

image

Nesse momento, além de realizar a substituição das próteses, o cirurgião pode associar a troca com técnicas para corrigir a possível queda das mamas, e a paciente obterá como resultado mamas mais joviais.

image

Paciente deve procurar médico idôneo

Vale ressaltar que a paciente que queira realizar o aumento de suas mamas deve procurar sempre um profissional membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Esse especialista vai avaliar a mulher levando em conta sua singularidade, e o resultado do procedimento será o melhor possível, tanto em termos estéticos como, principalmente, cirúrgicos. (Fonte: www.glj.com.br)
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!