Ultimas

Será que a masturbação é prejudicial à saúde?

image

1. O que é a masturbação?
  • A masturbação é a estimulação deliberada do próprio genital para conseguir o prazer sexual.
  • É feita ocasionalmente por uma maioria de homens e de mulheres. Em um estudo nos Estados Unidos constatou-se que 95 por cento dos homens e 89 por cento das mulheres masturbavam-se frequentemente.
  • É o primeiro ato sexual para a maioria dos homens e das mulheres, embora mais mulheres do que homens chegam no ato sexual com um parceiro antes que elas pratiquem a masturbação.
  • A maioria de homens tendem a masturbar-se mais frequentemente do que as mulheres.
  • 80 por cento dos homens experimentam o orgasmo quando masturbam-se, enquanto este percentual fica em 60 por cento para as mulheres.
  • É o segundo comportamento sexual. O coito é o primeiro, para aqueles que têm um parceiro sexual regular.
  • Durante a adolescência, a porcentagem de ambos os sexos que relatam praticar a masturbação tem um aumento considerável, especialmente nos homens.
  • A maioria das pessoas continuam a se masturbar na idade adulta, e muitos fazem durante toda a sua vida.
  • Não há evidência alguma que as crianças que fazem autoestimulação tenham algum prejuízo de saúde.
  • A maioria das crianças que encontram na estimulação ocasional de seus genitais um meio de sentirem prazer, não se pode entender que isto seja um comportamento "sexual" até que elas alcancem a a puberdade.
image

2. É prejudicial, vergonhoso ou pecado masturbar? 

        A masturbação tem sido historicamente envolvida em muitos mitos sobre seus danos e sua natureza pecaminosa. A imagem negativa é antiga e comum a muitos povos em diferentes épocas.
        A origem latina da palavra, masturbare, é uma combinação de duas palavras. Manus (mão) e stuprare (desonrar, profranar), assim sendo originalmente masturbar significa "desonrar com a mão".
        A noção de coisa vergonhosa e suja rotulada pela sociedade permaneceu na tradução moderna, mesmo que as autoridades médicas estejam de acordo que a masturbação não causa nenhum dano físico ou mental. 
        A única possibilidade de que a masturbação possa ser prejudicial é quando se torna compulsiva, e, consequentemente, se torna um hábito. A masturbação compulsiva, bem como todos os comportamentos compulsivos, é um sinal de um problema emocional e necessita ser atendido por um especialista da saúde mental.

image

3. Masturbar é autoaceitar-se

        Ao contrário da opinião tradicional e popular, a masturbação não conduz ao sesequilíbrio ou da sexualidade promíscua. Não torna ninguém louco, nem porventura mata.
        A masturbação é uma expressão natural e não provoca danos à sexualidade de homens e mulheres e é uma maneira perfeitamente saudável de prazer sexual.
        Entrementes, alguns estudiosos discutem que a masturbação melhora a saúde sexual aumentando a compreensão de um indivíduo de seu próprio corpo e de como as suas zonas erógenas podem vir a satisfazê-lo, construindo e promovendo assim uma autoaceitação.

image

4. Masturbação a dois 

        Em um relacionamento sexual entre duas pessoas a masturbação pode ser realizada em um ou em ambos, entendendo-se ser isto a masturbação mútua.
        Pode ser muito agradável como uma boa maneira do par discutir suas idéias e atitudes sobre a masturbação e para acalmar alguma  insegurança que algum dos parceiros possa ter sobre a masturbação.
        A partir dessa comunicação verbal e física os dois podem vir ou a aumentar a frequência da masturbação ou vir a aumentar a frequência dos intercursos sexuais, partindo da mútua aceitação das habilidades e possibilidades de cada um. Portanto, em alguns relacionamentos, a masturbação pode se tornar mutuamente aceitável.
        Feito sozinho ou na presença do parceiro, o ato pode ser agradável e adicionar intimidade mútua se não for experimentado como uma rejeição. Como na maioria dos comportamentos, sem uma comunicação apropriada, o ato da masturbação pode ser usado como um sinal de raiva, alienação ou descontentamento.

image

5. Masturbar é um ato natural 

        Superar estereótipos negativos fornecidos pela sociedade e superar seus próprios bloqueios pessoais sobre a masturbação pode permitir que homens e mulheres tenham a liberdade para explorarem e experimentarem sua própria sexualidade de uma maneira confidencial, satisfazendo-se.
        A masturbação  é um dos prazeres desde a existência humana. Infelizmente, na sociedade, a masturbação não está sempre mencionada em termos positivos, e às vezes é difícil para pessoas começar a se informar sobre a masturbação e como iniciar a prática da masturbação. 

image

6. Masturbação e ejaculação

        Para os homens, a masturbação é o ato de estimular manualmente o pênis para produzir o prazer. É necessário ocorrer uma fricção no pênis, na parte chamada glande ("cabeça"), em sua parte mais alongada ou nas duas partes ao mesmo tempo.
        Para adultos e alguns adolescentes, a masturbação termina geralmente com a ejaculação, em que o sêmen é ejetado do pênis.
        A ejaculação é acompanhada geralmente pelo orgasmo, um sentimento de êxtase e satisfação que atinge o todo corpo e que para a maioria das pessoas é uma sensação tão poderosa e agradável que não pode ser comparado a nenhum outro sentimento que o corpo humano já experimentou.

image

7. Por que se masturbar? 

       Além do prazer, a masturbação alivia a tensão, que naturalmente, é acumulada no di-a-dia.
        É importante frisar que apesar de você ter ouvido boatos de pessoas mais velhas de que a masturbação é prejudicial,  ela é completamente segura e você não contrairá nenhuma doença sexual tranamissível (estamos falando de parceiros saudáveis, sem lesões ou ferimentos no corpo).
        A masturbação não afeta o tamanho de seu pênis ou de sua virilidade. 

image

8. Em que idade pode-se iniciar a masturbação? 

        A maioria de meninos começam a ejacular quando estão entre as idades de 12 a 15 anos, embora alguns comecem a ejacular em uma idade mais atrasada ou mais adiantada.
        Você pode masturbar-se e ter orgasmo antes que tenha a idade precisa para ter ejaculação. Entretanto, para a maioria dos homens, o prazer de melhor rendimento é aquele que acompanha a ejaculação.

image

9. Quantas vezes por dia podemos nos masturbar? 

        Não é incomum aos 13 ou 14 anos de idade ocorrer a masturbação umas 3 ou  4 vezes por dia. Passando disso, deve-se procurar ajuda médica.

10. Há algum fato fisicamente errado com a masturbação? 

       Felizmente, nada. Em tempo remoto acreditava-se que a masturbação causava a cegueira, a insanidade, fazia nascer cabelo na palma da mão(!) ou outras desordens de orígens físicas e mentais.
        Porém, todas estas versões foram desaprovadas pela ciência médica. Se estas versões fossem realmente verdadeiras, haveria uma quantidade razoável de pessoas cegas, loucas, etc. ao redor do mundo!
        Aquele que se masturba não prejudica a sua saúde de nenhuma maneira, e, naturalmente, encontrou uma boa forma de aliviar às tensões (válvula de escape).
        Vale a pena complementar que a masturbação em excesso pode tornar-se  um círculo vicioso. (Fonte: www.seupenis.br.tripod.com)
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Psicanálise em Ação!