Ultimas

8 passos para você ganhar a garota que quiser

çljkjklsdfkjlç

1. PASSE UMA BOA PRIMEIRA IMPRESSÃO
A sedução começa quando a mulher olha para o homem pela primeira vez. Pode ser na balada, no bar, em uma festa. Ficar o tempo todo mudando o peso do corpo de um pé para o outro é o primeiro erro: faz você parecer nervoso. Para evitar isso, fique com os dois pés levemente afastados, na direção dos ombros. Não sabe o que fazer com as mãos? Junte o dedão de cada mão com o dedo indicador e o médio para ter a sensação de segurar algo e não ficar passando as mãos no cabelo, na roupa… Se estiver olhando para a mulher, ela o olhar e você precisar quebrar o contato visual, faça-o olhando para o lado, nunca para baixo.
Dica VIP:
faça discretamente a técnica dos dedos, porque pode parecer bem estranho se a mulher perceber. Segurar um copo talvez seja mais eficiente.

2. FAÇA PARECER QUE VOCÊ É INTERESSANTE
Cena comum na balada: dois caras, lado a lado, encostados no balcão, sem falar nada um com o outro, conferem todas as mulheres que circulam pelo salão. Se você não parecer o James Franco, sua chance de ser notado é muito pequena. Portanto, pareça ser interessante. Vire-se de frente para seu amigo e converse com ele. Contem histórias engraçadas, divirtam-se. Enquanto conversa, mexa suas mãos, mas continue prestando atenção no ambiente – olhe discretamente quem passa por trás do seu amigo. É isso que fazem as mulheres: são sutis e usam muito sua visão periférica.
Dica VIP: não há nada mais adolescente do que parecer que está caçando na balada. Toda mulher gosta de sentir que é especial e que só ela despertou interesse no cara (mesmo que ela saiba que não).

clip_image001

LEITURA DE CABECEIRA
TRÊS LIVROS PARA SER UM BOM XAVEQUEIRO
O Jogo – A Bíblia da Sedução, Neil Strauss, Best Seller.
O autor, um jornalista americano cansado de não pegar ninguém, recorreu a um mestre da arte da conquista, que atende sob o pseudônimo de Mystery. No livro, ele conta tudo o que aprendeu e relata suas experiências.
The Natural Art of Seduction, Richard La Ruina, Pennant.
O livro conta como Gambler, que deu seu primeiro beijo aos 21 anos, virou um pegador. Não tem versão em português, mas dá para comprar pela internet.
As Armas da Conquista, Eduardo Santorini, Matrix.
O livro do coaching de relacionamentos e autor do site Atitude de Homem reúne diversas técnicas, aprendidas nos últimos cinco anos, para seduzir uma mulher (algumas ele já divulgou no blog).

3. DESCUBRA SE ELA VAI TE DAR BOLA
Homens costumam se preocupar com o que vão conversar com a mulher e desprezam a comunicação não-verbal. Não deveriam. Ela é útil especialmente para forçar a mulher a dar um indicador de interesse – ou seja, mostrar se ela está minimamente a fim. Force uma reação dela. Faça um gesto que ela vai ser obrigada a responder, como dar um tchauzinho, levantar o copo em um brinde. Adote um gesto para chamar de seu, transforme-o em algo automático, até não precisar pensar antes de fazê-lo. Se a mulher sorrir, está aberta para a abordagem. Se fizer careta, mude o alvo.
Dica VIP: se mudar o alvo, mude a tática para não correr o risco de o novo alvo ter visto a abordagem anterior. E não esqueça que a mulher dar um sorriso pode significar apenas que não quer ser antipática.

4. SAIBA SE POSICIONAR AO ABORDÁ-LA
Depois de ela ter dado abertura, aproxime-se, caminhando lentamente. Não ande a passos fortes em direção a ela. Pare perto da moça no meio-termo entre estar ao seu lado e na frente – parar olhando a mulher de frente pode deixá-la acuada. Deixar o pé apontado para o lado, e não para a garota, diminui a pressão sobre ela. Para parecer mais confortável, deixe as mãos na frente. E converse movimentando-as. Chegue com o corpo mais perto da moça, afaste-se, volte a ficar mais perto. Para isso, mude o peso do pé que está um pouco mais à frente para o de trás (uma vez só). Mantenha contato visual, olho no olho sempre.
Dica VIP: não chegue muito perto logo de cara. É desagradável e desconfortável. Em vez de parecer que está xavecando, aja como se só quisesse mais uma amiga.

5. ABORDE A GAROTA DE FORMA NATURAL
Em vez de frases feitas, que podem soar artificiais, use uma abordagem situacional – ou seja, que tenha a ver com o ambiente em que vocês estão. Não precisa ser nada excepcional, mas você deve fazer de uma forma divertida, espontânea, sorrindo. Pode ser algo sobre a mulher, a balada, a música, alguém que está por lá. Uma forma de chegar em alguém de um jeito simpático: “Você tem coragem para aceitar um elogio sincero?”. Ela provavelmente vai dizer: “Sim”. Você: “Ótimo, eu também. Você diz primeiro”.
Dica VIP: fuja da cantada pronta. E também não chegue elogiando: “Você é a mais gata daqui”. Se a mulher for mesmo linda, já ouviu muito isso. Se não for, está na cara que é cantada. Lembre-se: 11 em cada dez mulheres apreciam senso de humor.

clip_image002

A TEORIA NA PRÁTICA
ALUNOS DE GAMBLER TESTAM OS MÉTODOS NA BALADA
Fui à boate carioca 00 (lê-se “zero zero”) em uma noite de sábado para ver como os alunos de Richard La Ruina se saíam na prática. Eram três rapazes: dois chineses (um deles natural de Hong Kong) e um norueguês. Eles estavam em um dos cursos de imersão de Gambler (que vai começar a ser dado no Brasil): mediante determinada quantia, passam uma semana com o  mestre e seus instrutores, recebendo dicas. Na boate, eles abordavam as meninas, e os instrutores ficavam de longe, observando. Quando os alunos ficavam sozinhos, os experts se aproximavam e davam os toques. No fim, dois deles (e todos os três instrutores) beijaram alguém. O terceiro aluno foi embora com um monte de números de telefones e MSNs.

6. CONDUZA UMA CONVERSA COM MAESTRIA
Você a abordou, ela foi simpática, vocês começaram a conversar. O problema agora é não deixar o papo acabar. Treine essa técnica para nunca faltar assunto: diga para você ou um amigo uma palavra boba qualquer, como “cadeira”. Por associação, vá dizendo palavras que têm a ver com isso: “mobília”, “decoração”, “revista”, e assim por diante. O importante é treinar seu cérebro a passar de um assunto a outro facilmente. Durante o papo com ela, faça perguntas interessantes, que a force a falar de coisas que gosta, de experiências, aventuras. Mas não interrogue a garota. Sempre que ela responder a uma pergunta sua, em vez de fazer uma nova pergunta, faça uma afirmação que tem a ver com o que ela disse. Depois, se quiser, pergunte algo.
Dica VIP: ouça mais do que fale.

7. APRENDA A TOCAR NELA SEM IMPORTUNAR
Conversar dando leves toques nela é uma  forma de criar conexão, aumentar a intimidade. Por isso, falar usando as mãos é importante: faz o toque parecer natural e até acidental. Ele tem de ser rápido e leve. Se vai levá-la de onde ela está para um outro local, como o bar da balada, conduza- a pelo pulso. Tipos de toques aceitáveis:  no braço dela, com sua mão voltada para a frente ou para trás; no ombro, mas quando você não está encarando-a (por  exemplo, para mostrar seus amigos, que estão “logo ali, olha”); nas costas, para guiá-la para outro lugar.
Dica VIP: toque, não cutuque. Cuidado com a intensidade e com a quantidade dos gestos. Não queremos conversar com um pica-pau nem com um cara que está claramente forçando a barra.

8. CRIE TRÊS PERSONAGENS
Aja de três formas durante a noite: 1º) no primeiro momento, seja sociável. É quando você deve ter mais energia para mostrar que merece a atenção dela. 2º) em seguida, seja confortável, simpático e divertido. Trate-a como a uma amiga. 3º) quando o papo engrenar, hora de entrar em ação o sedutor. Elementos para usar: Desacelere, converse pausadamente Seus gestos devem ficar mais suaves Lance olhares “triangulares”: fixe um dos olhos dela, o outro e depois a boca Antes de beijá-la, faça algum gesto para forçar ainda mais a intimidade, como colocar o cabelo dela para trás das orelhas.
Dica VIP: o clima cria uma forte tensão sexual. Não parta logo para o ataque. Manter a técnica por algum tempo deixa a brincadeira mais excitante. (Postado por O Controle da Mente – Fonte: vip.abril)

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!