Ultimas

Conheça os 10 pôsteres de filmes que foram banidos e proibidos

AA 250

Nem todo pôster causa sensação, alguns possuem pouca qualidade visual, enquanto outros podem até alavancar o sucesso da produção.

Mas existem aqueles pôsteres que nem sempre conseguem a aprovação do público, da crítica ou de entidades classificativas, e assim, conseguem ser banidos para exibição.

Toptenz criou uma lista bem interessante que mostra os 10 casos de pôsteres que mais chamaram atenção por terem sido banidos e proibidos para exposição. Confira, abaixo:

Atenção: Existem imagens que não são recomendadas para menores de 18 anos. Se você ainda não tem maioridade, aconselhamos que não prossiga com o post.

Regras da Atração (2002)

clip_image002

Neste pôster que retrata animais de pelúcia em várias posições de sexo, foi rejeitado para ser exibido nos Estados Unidos pela Motion Picture Association of AmericaMPAA (entidade que regula a classificação etária), mas permitido no Canadá e na Grã-Bretanha. O uso das pelúcias foi o fator principal que contribuiu para a proibição, já que seu uso não é recomendado em propagandas que não tenha crianças como público-alvo.

Pagando Bem, Que Mal Tem?

clip_image004

Este não é tão evidente à primeira vista, mas descobrimos ao olhar para a parte inferior do cartaz. Este cartaz foi censurado por conteúdo sexual, na forma de uma representação do sexo oral – apesar do fato de que ambos os atores aparecem completamente vestidos. Tal como acontece com vários dos cartazes nesta lista, este foi autorizado para ser exibido no Canadá e proibido nos EUA.

Raça Selvagem

clip_image006

O pôster por si só é completamente nojento. Não foi surpresa que o cartaz sangrento foi rejeitado para exibição na Austrália, por ser considerado “muito terrível”. Os produtores afirmaram que “queriam se destacar da multidão”. Ainda assim, a proibição é provavelmente o melhor tipo de promoção para um filme.

O Retorno dos Malditos

clip_image008

Este cartaz foi censurado pela MPAA por colocar a horripilantes imagens e representações de tortura – pois uma figura encapuzada arrasta alguém em um saco. O que torna este caso particularmente interessante é que o cartaz foi finalmente autorizado para ser exibido, sendo que com uma ligeira modificação – a perna deveria sair do saco, em vez de um braço. A mudança deixa claro que com a mão para fora a vítima parece estar viva, e com a perna não. A questão é: a tortura é mais assustadora do que um homicídio? Bizarro…

Coco Antes de Chanel

clip_image010

A entrada particularmente estranha deste pôster nesta lista, se deve ao ter sido proibido na França por colocar o ícone da moda Coco Chanel fumando um cigarro. Isso viola uma lei de publicidade francesa que proíbe tanto “direto ou indiretamente” a promoção de cigarros – uma resposta para o enorme número de fumantes na França.

Ali G Indahouse – O Filme

clip_image012

Proibido no Reino Unido depois de ter recebido mais de 100 queixas – houve a alegação de que era muito ofensivo para exibição pública. Ninguém se surpreende, não é?! O pôster mostra Sacha Baron Cohen “descansando” a mão sobre uma mulher nua com dois dedos ocultos… Precisamos dizer mais?

O Proscrito

clip_image014

Uma interessante comparação entre as leis de censura do passado e do presente, para os jovens que não veem nada demais, os seus avôs deveriam ter achado deliberadamente controverso. Apesar do fato de que o cartaz não conter nudez real ou parcial, o foco nos seios fartos da bela Jane Russell foi o suficiente para justificar uma proibição em 1943.

Mandando Bala

clip_image016

Este cartaz foi proibido por supostamente “glamorizar o uso de armas e violência”, apesar da defesa dos produtores de que as armas da imagem são intencionalmente dirigidos para longe do observador, eles não conseguiram convencer a MPAA. Esta proibição é particularmente interessante, já que armas e violência são glamourizadas em quase todos os filmes de ação. Mistériooooo…

O Povo contra Larry Flint

clip_image018

Este cartaz protagonizado por Woody Harrelson vestindo apenas a bandeira americana como cueca, foi proibido pela MPAA, que não esclareceu se a proibição era por expor a sexualidade excessiva ou o simbolismo religioso ofensivo (Harrelson se coloca como Jesus na cruz, entre um par de pernas de uma mulher).

Teeth: A Vagina Dentada

clip_image020

O título do filme já diz muito do que significa a história, que conta sobre uma garota que descobre possuir dentes afiados no seu órgão sexual. O primeiro pôster da produção teve a proibição imediata, apesar de ser uma boa sacada. Já que mostra o raio x da protagonista com os dentes localizados exatamente no local onde você imagina.

E aí, qual desses pôsteres mereceu ser proibido e qual não merecia? Comente! (Postado por O Controle da Mente – Fonte: colunistas.ig)

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!