Ultimas

Esculturas hiperrealistas de tirar o fôlego!

image

O trabalho em esculturas hiperrealistas de Sam Jinks sustenta os momentos mais breves e mais privados no tempo.

clip_image001

A vulnerabilidade emocional é tanto o sujeito quanto o resultado de seu trabalho e move o público em uma forma não esperada de arte contemporânea.

clip_image002

Para Jinks, suas obras não são representações literais, mas baseiam-se na combinação de diferentes fases da vida.

clip_image003

Jinks usa esses temas, do velho e o novo, para sugerir um potencial não-realizado: as figuras estão congeladas no tempo, simultaneamente, no início e no fim da vida.

Sam Jinks

Isso pode ser interpretado como uma reflexão melancólica da perda, ou como a experiência das gerações unidas com a consciência dos ciclos de vida e em diferentes estágios de desenvolvimento.

clip_image006

Suas esculturas hiper-realistas possuem um forte apelo, tanto no nível técnico quanto no emocional, por conta dessa atenção aos mínimos detalhes.

clip_image007

Criado a partir de silicone, fibra de vidro, resina, carbonato de cálcio e cabelo humano, essas obras contêm um profundo senso de vulnerabilidade e são notáveis em sua interpretação marcante da condição humana.

clip_image008

clip_image009

Mais do trabalho deste escultor australiano pode ser visto em seu site oficial. (Postado por O Controle da Mente – Fonte: quinzeminutos.com)

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!