Ultimas

Descubra aqui como surgiram alguns jogos

image
Jogos como dominó, jogo de dados, jogo-da-velha e baralho, são jogos muito antigos. Alguns criados A.C.

Dominó:clip_image002

Acredita-se que ele tenha surgido na China, inventado por um soldado chamado Hung Ming, que teria vivido de 243 a 181 a.C. Os primeiros indícios da presença do dominó na Europa são de meados do século XVIII, quando era jogado nas cortes de Veneza e Nápoles. As peças eram feitas de ébano, com pontos de marfim, representando os números. O antigo dominó chinês traz todas as 21 combinações que podem ser obtidas ao lançar dois dados, sugerindo que um jogo possa ter nascido do outro. Já na Europa, há sete peças a mais, combinando esses números também com o zero. Alguns estudiosos sustentam até que, por ser extremamente simples, o jogo pode ter aparecido simultaneamente em várias partes do mundo - como o jogo-da-velha. O nome dominó provavelmente deriva da expressão latina domino gratias, que significa "graças a Deus", dita pelos padres europeus enquanto jogavam. Atualmente, o dominó é jogado em quase todos os países do mundo, mas é mais popular na América Latina. Na China, ele deu também origem a outro jogo, mais complexo: o mah jong.

Jogo de dados:clip_image002[4]

Uma das mais antigas diversões conhecidas na história da humanidade, os dados aparecem retratados junto a uma espécie de jogo de tabuleiro em vasos pintados da Grécia antiga. Segundo a própria tradição grega, eles teriam sido inventados por Palamedes, companheiro do herói Agamenon, na mitológica guerra de Tróia. Tudo indica, porém, que o jogo era conhecido por todos os povos da antiguidade: egípcios, persas, assírios e babilônios. Mais tarde, por volta do ano 302 a.C., os legionários romanos que conquistaram a Grécia acabaram por difundir o jogo por todos os países sob seu domínio. A segunda frase mais famosa do imperador Júlio César (100-44 a.C.) - só perdendo para a última delas: "Até tu, Brutus!" -, desferida quando ele se lançou à tomada do poder em Roma, citava o jogo de dados: Alea jacta est, ou "A sorte está lançada". Segundo o historiador romano Plutarco (46-119), César costumava jogar dados com os senadores, antes de derrubar o Senado e tornar-se imperador.

Jogo-da-velha:208459_Papel-de-Parede-Jogo-da-Velha_1400x1050

A referência mais antiga que se tem desse passatempo surgiu em escavações no templo de Kurna, do século XIV antes de Cristo, no Egito. Achados arqueológicos, porém, mostram que ele foi desenvolvido independentemente em diferentes regiões do planeta, como a China antiga e a América pré-colombiana. Sabe-se também que faz parte dos jogos conhecidos como "família do moinho" ou "trilha" - nos quais o objetivo é posicionar as peças de modo que formem uma linha reta. Há também versões em que variam os números de linhas e colunas, geralmente três ou cinco. Conhecido praticamente em todo o mundo, o jogo varia de nome conforme a região. Na China de 500 a.C., era conhecido como luk isut k-i. Nos países de língua inglesa, chama-se tic-tac-toe.

Baralho:
f

Não se sabe ao certo nem quando nem onde os jogos de cartas apareceram pela primeira vez. Há, porém, indícios de que eles tenham surgido na China, derivados do papel-moeda, no século X. No início, eram simples tiras de papel, marcadas com conchas, pedras, flechas e ossos, usadas em rituais de adivinhação. Por volta de 1300, as cartas chegaram à Europa levadas pelos árabes. Eram, então, conhecidas como tarots, em baralhos de 22 unidades, que foram combinadas, no final do século XIV, com o baralho oriental, de 56. Foram os franceses, no século XVI, que introduziram o baralho moderno, de 52 cartas, deixando o tarô apenas para previsões. Os naipes mais comuns eram taças, moedas, espadas e bastões. Da França, o baralho ganhou o mundo e os naipes evoluíram até os atuais copas, ouros, espadas e paus. Hoje em dia, mais de uma centena de jogos de cartas, envolvendo raciocínio e, principalmente, sorte, são conhecidos. (Postado por O Controle da Mente – Fonte: qtedionanet.blogspot.com/)
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!