Ultimas

Os 5 Serial Killers superviolentos mais recentes

A 250

Conheça as histórias aterrorizantes de assassinos em série que foram presos pelo mundo.

clip_image002

É incrível o fascínio que as pessoas sentem pelos serial killers, e inclusive existem casos de indivíduos que se tornaram seguidores desses assassinos. Contudo, apesar de apenas alguns deles se tornarem conhecidos o suficiente para chegarem ao — absurdo — ponto de terem fãs, a verdade é que existem muitos desses criminosos por aí sendo caçados pela polícia.

Tanto que, de acordo com o site ListVerse, acredita-se que existam entre 35 e 300 assassinos em série ativos só nos EUA! Por sorte, eventualmente muitos desses criminosos acabam cometendo algum erro e sendo descobertos, e você pode conferir abaixo cinco serial killers superviolentos que foram capturados recentemente:

1 – Mohan Kumar, Índia

clip_image003Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse

Pego em 2009, Kumar confessou ter matado 20 mulheres durante um período de cinco anos, empregando o mesmo “método” com todas elas. Primeiro o indiano se tornava amigo das vítimas, iniciava relacionamentos amorosos e, depois de algumas semanas, as convidava para fugir com ele.

Após passarem uma noite romântica juntos, Kumar convencia suas vítimas a tomar duas “pílulas do dia seguinte” — que, na verdade, eram cápsulas de cianeto —, e inclusive informava que os medicamentos poderiam causar mal-estar. As pobres mulheres morriam em poucos minutos, e o assassino aproveitava para roubar suas joias e outros pertences de valor.

2 – Israel Keyes, EUA

clip_image004Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse

Depois de estudar o comportamento de vários assassinos famosos, Keyes desenvolveu seu próprio modus operandi para nunca ser pego pela polícia. Assim, ele começou a espalhar vários “kit-morte” pelo país — que consistiam em pás, dinheiro, sacos plásticos etc. — para facilitar o processo de sumir com os corpos de suas vítimas, que eram abduzidas, violentadas e, depois, esquartejadas.

Keyes foi pego pelo FBI em 2011, acusado de matar pelo menos oito mulheres. Depois de ser preso, o assassino cometeu suicídio em sua cela, e até hoje as autoridades acreditam que ainda existam mais vítimas desse doente que ainda não foram descobertas.

3 – Zhang Yongming, China

clip_image005Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse

Yongming foi executado em janeiro deste ano, acusado de canibalismo. Prepare o estômago, pois o caso é tenso! As autoridades chinesas prenderam Yongming durante uma investigação sobre o desaparecimento de várias crianças na província de Yunnan. Algumas pistas levaram à casa do canibal, onde os policiais encontraram fatias de carne humana, olhos preservados e outros restos mortais.

O chinês não só consumia a carne das crianças que ele capturava como também alimentava seus cães e vendia alguns cortes como se fossem carne de avestruz no mercadinho do vilarejo. A polícia conseguiu provar a participação de Yongming na morte de 11 vítimas, embora existam registros de mais de 20 desaparecidos.

4 – Mikhail P., Rússia

clip_image006Fonte da imagem: shutterstock

Conhecido como um dos serial killers mais prolíficos da Rússia, Mikhail P. — um ex-policial de Vladivostok — é responsável pela morte de pelo menos 24 mulheres, além de outras 26 vítimas cujos casos ainda estão sob investigação. O russo abordava suas “presas” tarde da noite, com o pretexto de oferecer carona. Então, ele as levava até alguma floresta remota, onde as mulheres eram brutalmente torturadas, violentadas e mortas.

As autoridades russas chegaram a Mikhail depois de 15 anos investigando os assassinatos, quando decidiram comparar o DNA coletado nos corpos com o de policiais aposentados de sua própria corporação. O russo foi preso no ano passado, e continua detido aguardando julgamento.

5 – Anthony Sowell, EUA

clip_image007Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse

Também conhecido como o “Estrangulador de Cleveland”, Sowell foi acusado de violentar e estrangular 11 mulheres em 2009. Ele foi pego por descuido, depois que a vítima “número 12” conseguiu escapar e correr até a polícia. Quando as autoridades chegaram à casa do assassino, encontraram um verdadeiro cenário de terror.

Depois de invadir o local, os policiais encontraram os corpos de duas mulheres na sala e os de outras quatro vítimas espalhados pelo resto da casa. Além disso, outros 11 cadáveres foram descobertos enterrados no quintal, e apenas o crânio da 11ª vítima foi encontrado. (Postado por O Controle da Mente – Fonte: Mega Curioso)

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!