Ultimas

Doença rara chamada “branco do olho” causa cegueira imediata

ee176-liliths_eyes

A esclera (do grego skleros), também conhecida como esclerótica ou branco do olho, é a membrana externa, branca, em crianças com tom mais azulado e em alguns animais preta, como no cavalo, e fibrosa do globo ocular. Na fase de desenvolvimento embrionário, é formada pela crista neural. Em alguns vertebrados, a esclera origina o anel esclerótico, resultado de sua fusão com placas cartilaginosas.

É onde estão inseridos os músculos do bulbo do olho (extra-oculares) que a doença mais progride. A superfície visível da esclera é coberta por uma membrana transparente e fina, chamada conjuntiva, que deriva da camada epitelial externa da córnea e que também cobre a face interna das pálpebras.

É opaca e contém fibras de colágeno e elastina. Nas crianças, é mais fina e apresenta algum pigmento, aparentando levemente azulada. Nos idosos, entretanto, o depósito de gordura na esclera faz com que ela aparente uma coloração levemente amarelada. Existem algumas doenças como a esclerite que causam cegueira parcial e essas doenças produzem uma linha vertical no campo visual, resultando em menos de 100% de visibilidade.

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!