Ultimas

Os animais mais coloridos pela natureza

image

Algumas das espécies mais exóticas da vida selvagem dão um show de beleza e enchem nossos olhos com cores fascinantes.

clip_image002

Na lista que você confere abaixo, os animais são ainda mais coloridos. São espécies exóticas que se destacam pela raridade de sua pele, penas ou escamas. Aves, répteis, insetos e criaturas marinhas são responsáveis por um verdadeiro espetáculo de cores como você nunca viu.

Confira cada um dos animais e nos conte nos comentários se você conhece mais alguma espécie repleta de cores que poderia fazer parte dessa lista.

1) Camaleão-pantera

clip_image004

Nome científico: Furcifer pardalis

  • Habitat: Regiões leste e norte de Madagascar
  • Curiosidades: Os camaleões são comumente conhecidos por mudarem de cor com facilidade. No caso dos camaleões-pantera a variedade de cores é imensa e esses efeitos incríveis dependem da temperatura, da luz e até mesmo do humor do reptil. Ainda, quando estão grávidas, as fêmeas da espécie usam esse recurso para comunicar aos outros animais que ela não pode acasalar.

2) Rolieiro-de-peito-lilás

clip_image005

  • Nome científico: Coracias caudata
  • Habitat: África subsaariana e sul da Península Árabe
  • Curiosidades: O rolieiro-de-peito-lilás é um pássaro relativamente grande se comparado com outros rolieiros, já que pode chegar a medir 36 centímetros de comprimento. Mas a principal característica que o diferencia de outras aves é a sua plumagem extremamente colorida, que apresenta penas em tons de lilás, verde e azul.

3) Besouro-gorgulho

clip_image006

  • Nome científico: Entimus imperialis
  • Habitat: Brasil
  • Curiosidades: O aspecto mais curioso dessa espécie brasileira de besouro são os pontos brilhantes que ele apresenta no corpo. Pesquisadores que estudaram a espécie descobriram que os pontos não são pigmentos, mas sim estruturas cristalinas que refletem a cor. Por sua beleza incomparável, o inseto também é conhecido como besouro-joia.

4) Nudibrânquios

clip_image007

  • Nome científico: existem mais de 3 mil espécies com nomes variados
  • Habitat: Mares ao redor do mundo, incluindo os trópicos e a Antártica
  • Curiosidades: Por apresentar uma variedade enorme de espécies, a principal característica desses animais é a vasta gama de cores. Nuances fortes e vibrantes se alternam com os diferentes formatos que as criaturas apresentam e isso lhes garante mais segurança para se camuflar entre os corais e lutar pela sobrevivência.

5) Faisão-dourado

clip_image008

  • Nome científico: Chrysolophus pictus
  • Habitat: Áreas montanhosas do oeste da China
  • Curiosidades: Essas aves podem chegar a medir mais de um metro, sendo que dois terços do comprimento total é graças à sua cauda. Os animais que apresentam a rica plumagem em tons de dourado, azul e vermelho é o macho. A fêmea, por sua vez, é menos exuberante e se assemelha bastante a um faisão comum.

6) Dragão-marinho

clip_image009

  • Nome científico: Phyllopteryx taeniolatus
  • Habitat: Litoral sul da Austrália
  • Curiosidades: Apesar de guardarem algumas semelhanças, uma das principais diferenças entre os cavalos-marinhos e os dragões-marinhos é o tamanho. Enquanto um cavalo-marinho mede, no máximo, 15 centímetros, um dragão-marinho pode chegar a 45 centímetros de comprimento. E além da riqueza das cores dos animais, as fêmeas da espécie produzem cerca de 250 ovos por vez – e eles são cor-de-rosa!

7) Aves-do-paraíso

clip_image010

  • Nome científico: Paradisaeidae sp.
  • Habitat: Nova Guiné
  • Curiosidades: As aves-do-paraíso se dividem em mais de 30 espécies – uma mais diferente e colorida do que a outra. Com hábitos peculiares, os machos dançam e exibem suas belas penas coloridas para atrair as fêmeas. Infelizmente, a plumagem rara e exótica que embeleza esses animais é a mesma que causa a sua morte, já que suas penas são comercializadas ilegalmente e isso coloca os pássaros em risco de extinção.

8) Sapo-boi-azul

clip_image011

  • Nome científico: Dendrobates azureus
  • Habitat: Brasil e Suriname
  • Curiosidades: Com a pele de uma cor radiante, o nome científico do animal vem justamente da palavra azure, que indica uma tonalidade de azul-ciano. As manchas pretas espalhadas no corpo dos animais apresentam uma disposição única e servem para identificar cada um dos anfíbios. O mais interessante é que a cor forte e chamativa serve para alertar outros bichos de que se trata de uma espécie venenosa.
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!