Ultimas

Pai pede direito a eutanásia para as filhas siamesas

image

Um pai de duas gêmeas siamesas de 15 anos na India pede desesperadamente que as ajudem - ou que as deixem morrer com dignidade. Saba e Farah Shakeel estão juntas pela cabeça desde que nasceram, e têm sofrido dores de cabeça, dores nas artroses e estão a perder a fala.

As meninas chegaram a receber tratamento de um especialista graças à intervenção do príncipe de Abu Dhabi, mas o pai das jovens, Mohammed Shakeel, não pode pagar a continuação dos tratamentos. Shakeel trabalha numa loja de chá, e ganha pouco mais de 800 patacas por mês, que mal lhe chega para alimentar uma família de oito (!). Shakeel considera que a condição das suas filhas é tão miserável que o governo indiano devia permitir o direito à eutanásia neste caso particular.

clip_image001

Há cinco anos, o Sheik Mohammed bin Zayed, dos Emirados, depois de saber da situação das gêmeas através da imprensa, visitou-as e levou com ele alguns médicos, incluindo o Dr. Benjamin Carson, norte-americano especialista em separar gêmeos siameses. Na altura as jovens estavam bem de ânimo e de saúde. Só conseguiam andar "à caranguejo", mas gostam de jogar xadrez e ver filmes de Hollywood.

Carson descobriu que as jovens partilham uma artéria vital na cabeça, e só têm dois rins no total, ambos no corpo de Farah. Seriam necessárias seis operações para separá-las, e em cada uma destas existia apenas uma em cinco possibilidades de sobreviverem.

Perante isto, o pai recusou operar as meninas, apesar do príncipe árabe se ter oferecido para pagar. Passados estes anos, a condição das jovens piorou, e o pobre pai está desesperado sem saber o que fazer. Tamana Ahmad Malik, irmão mais velho das gêmeas, diz que as irmãs sofrem "dores insuportáveis" enquanto estão acordadas, o que são pelo menos 15 horas por dia.

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!