Ultimas

Mulher esquece brinquedo sexual no órgão genital por 10 anos

IMAGEM_NOTICIA_5

O título dessa notícia até parece uma brincadeira, mas é a mais pura verdade. Uma escocesa, de 38 anos, simplesmente esqueceu um brinquedo sexual no canal de sua vagina por 10 longos anos. Ela só foi descobrir que estava lá quando foi parar no hospital em um quadro de infecção grave, que quase a matou.

Somente durante essa internação é que os médicos encontraram o “sex toy” dentro do órgão genital da mulher, que não teve sua identidade revelada. O caso foi apresentado em um artigo do Journal of Sexual Medicine.

Noite “esquecível”?

Segundo o Daily Mail, a mulher procurou atendimento médico ao contrair septicemia, depois de apresentar outros sintomas, como fadiga extrema, tremores, forte perda de peso, dores e incontinência urinária.

Quando os médicos do Hospital Aberdeen Royal a examinaram, ficaram muito surpresos ao encontrar um objeto com cerca de 12 centímetros na vagina da moça. O item estava saliente e se projetando do canal vaginal para a bexiga da mulher de forma prejudicial, o que causou vários problemas.

Daily Mail

A equipe médica ficou ainda mais admirada quando a mulher lembrou que havia usado o brinquedinho sexual com seu parceiro há dez anos. Ela também admitiu que estava sob a influência do álcool na ocasião, mas alegando que de fato nunca havia se dado conta se tinha removido o objeto ou não.

De acordo com o artigo do Journal of Sexual Medicine, a mulher tinha um QI normal, sem sinais de depressão ou psicose, assim como também não havia sofrido nenhum abuso. Mas o acessório do prazer lhe causara danos quase fatais.

E agora, nós lhe perguntamos:

Sim, perguntas não faltam. A primeira: como é que a mulher não percebeu que seu corpo continha um objeto estranho depois que ela e seu parceiro haviam terminado de se divertir? A segunda: como ela não percebeu isso no dia seguinte ou em algum dos próximos 3.650 dias, até ela enfrentar a sua quase morte?

Complicações

Respondendo parte das dúvidas, provavelmente o objeto passou despercebido por muitos anos. Somente quando ela desenvolveu uma fístula vesicovaginal (uma passagem anormal através do qual a urina flui para a vagina) e uma uropatia obstrutiva (na qual a urina não flui dos rins para a bexiga, mas sim de volta para os rins, devido a um bloqueio da bexiga) é que ela soube o que realmente estava acontecendo.

Felizmente, os médicos foram capazes de remover cirurgicamente o brinquedo sexual — que já estava fazendo aniversário de uma década — e repararam os danos internos da mulher, que pode se recuperar a tempo.

Outros casos extremos

Apesar de ser surpreendente, esse caso não foi o que uma mulher ficou por mais tempo com um objeto no canal vaginal. Segundo o Daily Mail, uma retrospectiva médica de casos semelhantes mostrou um relato de uma mulher que teve um objeto estranho alojado em sua vagina por 35 anos.

Outros itens bizarros que já foram descobertos nos órgão femininos incluem uma tampa de spray de cabelo, um recipiente cilíndrico de lata, um copo de plástico e um brinquedo de criança. Os médicos dizem que as pessoas costumam negar o conhecimento da existência ou a origem de tais itens quando eles são inicialmente descobertos, devido à vergonha ou medo de recriminação.

via: Daily Mail, Refinery29, Journal of Sexual Medicine

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!