Ultimas

Africano é flagrado dentro de mala ao entrar clandestinamente na Europa

Um imigrante que se escondeu em uma mala de viagem por pelo menos cinco horas, a bordo de um navio com destino a Espanha, morreu asfixiado. 

O homem de 27 anos, vindo do Marrocos, espremido dentro da mala, foi carregado na bagageira de um carro e levado para um barco que viajava de Melilla a Almeria, no domingo, por seu irmão de 37 anos. 

Mas pouco antes da balsa chegar no porto do Sul de Espanha, após cinco horas de viagem, o irmão abriu a bagagem na Espanha e encontrou o homem inconsciente. Ele ligou para o serviço de emergência, que tentou por muito tempo ressuscitá-lo, mas infelizmente a morte se deu por sufocamento. 

Francisco Jerez, porta-voz do escritório do Ministério do Interior, em Almeria, confirmou que o irmão mais velho, um marroquino com um passaporte francês, já foi preso pela polícia. A notícia trata do mais recente exemplo de medidas extremas que imigrantes estão tomando para tentar chegar à Europa. A balsa tinha vindo de Melilla, ao noroeste da África, e o caminho pelo Mar Mediterrâneo representa a única rota entre a África e a Europa.

Milhares de imigrantes marroquinos tentam entrar ilegalmente na União Europeia através da Espanha, anualmente, especialmente através dos enclaves. No domingo, o Ministério do Interior do Marrocos disse que quatro imigrantes da África Subsaariana se afogaram ao tentar nadar em torno de uma parte do continente. O comunicado acrescenta que outros três foram resgatados pela marinha marroquina.
Via: Jornal Ciência


Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!