Ultimas

Homem com duas pupilas surpreende a ciência médica

Existe uma misteriosa condição, jamais comprovada, que é objeto de investigação há muitos anos, denominada “Duplex Pupula”.

A expressão significa ‘pupila dupla’, em latim. A condição consiste em uma pessoa com duas íris, retinas e córneas em um globo ocular.

Há registros históricos de que o imperador chinês Liu Ch’ung, possuía tal condição, mas os registros ainda causam polêmica. De acordo com os dados extraoficiais, a condição é extremamente rara e acontece desde o nascimento, porém, não é genética. A pupila dupla não seria um fator prejudicial à saúde de seus portadores, de acordo com a bióloga Karlla Patrícia, do Diário de Biologia.

A medicina ainda não reconhece tal condição, por não existirem confirmações de sua existência. Os cientistas também não endossam a anomalia, acreditando que o Liu Ch’ung seja apenas uma figura mitológica que criou em torno de si este “fato”.

A ficção científica obviamente, utilizou a condição algumas vezes, e a literatura costuma utilizar a história do imperador como um caso possível de pupila dupla, como o livro de 1918, chamado ‘The Pupula Duplex and Other Tokens of an “Evil Eye” in the Light of Ophthalmology’, cujo autor é W. B. McDaniel.

De acordo com alguns especialistas, caso a condição realmente exista, a capacidade de visão do acometido com pupila dupla seria aprimorada, com o foco muito mais estendido. Ao contrário do que se imagina, não seria possível ver duas imagens no mesmo olho, pois os fotorreceptores seriam os mesmos.

A falta de materiais de estudo, registro nulo de acometidos e poucas informações extras, não é possível determinar como o cérebro, de fato, interpretaria as informações obtidas por uma visão com Duplex Pupula. A questão é que a condição continua sendo um mistério e, caso exista, seria tão rara que ocorreria um ou alguns casos em bilhões de nascimentos. 
Via: Diário de Biologia
 
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!