Ultimas

Mulher sofre bullying por ter doença que faz nascer barba

Uma mulher barbada que suportou anos de bullying e alguns pensamentos suicidas, falou sobre sua confiança recém-descoberta sobre sua aparência. 

Harnaam Kaur, de 24 anos, é de Berkshire, na Inglaterra, e sofre de síndrome do ovário policístico. Isso fez com que um cabelo facial espesso crescesse, quando ela ainda tinha apenas 11 anos.

Durante sua vida, ela tentou removê-los com cera, água sanitária e raspava sua barba frequentemente, até que eles começaram a crescer em seu peito e braços. Porém, finalmente, ela decidiu assumir sua aparência depois de ser batizada no ‘Siquismo’, uma religião que proíbe o corte de pelos em geral do corpo.

Falando durante uma aparição no programa This Morning, da Inglaterra, Harnaam disse: "No final do dia, eu vou me amar da maneira que eu estiver. Na época de escola, as crianças podem ser desagradáveis com quem sofre disso. Isso me levou a automutilação e eu já quis tirar minha própria vida".

Por pouco, ela não forçou uma overdose com um punhado de comprimidos. Foi então que ela decidiu canalizar sua energia negativa em algo mais positivo. "Não acho que seja uma fraqueza. É preciso ser muito forte para querer se matar”, disse Harnaam. "Por sorte, durou apenas uma fração de segundos. Quando processei o pensamento, ganhei força para apenas continuar vivendo. Eu sou mais espiritual, agora que faço parte de uma religião. Eu vivo minha vida do jeito que eu achar melhor”, acrescentou.

Harnaam está agora trabalhando em uma campanha para mostrar que o bullying e os xingamentos possuem grande impacto na vida de pessoas como ela. Ela até mesmo aparece em um curta-metragem com o irmão. “A reação tem sido incrível e as pessoas estão ganhando incentivos", disse ela.

 
Seu irmão sempre a apoiava nos momentos difíceis, enfrentando os valentões que praticavam humilhações com Harnaam. “Eu absolutamente o amo! Ele tem sido o meu apoio principal, ele é literalmente minha espinha dorsal. Ele me ajudou a ser autoconfiante, era difícil para ele fazer esse papel, mas ele foi surpreendente”, relatou. 
Via: Jornal Ciência
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!