Ultimas

Estudos afirmam que o estômago sofre para digerir o miojo

O foco do estudo era descobrir a diferença entre a digestão do macarrão instantâneo e do convencional. 

Uma microcâmera foi anexada a uma pílula, ingerida antes da experiência, para transmitir as imagens do aparelho digestivo a um computador. As imagens podem ser nojentas, mas deram um importante vislumbre sobre o que o famoso miojo pode causar em nosso interior.

Primeiramente, estudou-se o consumo e a digestão de massas frescas. O resultado foi uma digestão praticamente completa em cerca de 20 minutos. Porém, Kuo não esperava que o consumo do macarrão instantâneo fosse tão discrepante. 

De acordo com o estudo, mesmo após duas horas após o consumo, o miojo demonstrava dificuldade para ser digerido. A conclusão de Kuo é que a alta quantidade de sódio e gordura presentes no macarrão instantâneo são inimigos da boa digestão, dificultando o trabalho do estômago durante o processamento.

Além disso, um estudo feito pela Universidade de Baylor, nos EUA, em 2014, descobriu que os consumidores de macarrão instantâneo tinham maior risco de desenvolver síndrome metabólica, uma condição comum nas mulheres devido aos níveis hormonais e metabólicos, o que pode aumentar a pressão arterial, os níveis de açúcar no sangue, gordura corporal e, em geral, o risco de uma doença cardíaca, derrame e diabetes.

Embora o estudo de Kuo não tenha sido capaz de concluir que um pacote de miojo seja prejudicial para a sua saúde, ele adverte que o tipo de macarrão deve ser consumido com moderação.
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!