Ultimas

10 coisas normais no Brasil que dão cadeia na Rússia

De um País para o outro, os costumes, a alimentação e, especialmente, as leis, são completamente diferentes. 

Embora você não vá encontrar na lista de hoje nenhuma punição com a vida, a verdade é que muita coisa boba, completamente aceitável aqui, são proibidas a Rússia. Aliás, para quem ainda não percebeu, boa parte das esquisitices do País vem desde 1999, quando começou o “governo ferrenho” do presidente Vladimir Putin. 

E, embora role sempre aquele preconceito com relação aos costumes e leis da Rússia, você vai ter a oportunidade de perceber que isso não é bem uma “perseguição” do resto do mundo contra o país. As coisas lá dentro são, realmente, muito confusas, limitantes e, porque não dizer, baseadas nos conceitos retrógrados de seus governantes.

Putin, por exemplo, é abertamente homofóbico e cheio de “ladainhas” com os Estados Unidos. A Rússia toda, então, é cheia de leis homofóbicas e restritivas aos estrangeiros, especialmente os norte-americanos. Mas, tudo isso você vê na lista que preparamos e que está disponível logo abaixo.

10. Filmes “mentirosos”

10
Quer que um filme histórico seja visto na Rússia? Então conte a “verdade” sobre os fatos. Pelo menos é esse o recado enviado a Hollywood com o veto ao longa Child 44. O filme não vai ser exibido no País de Putin por “distorcer os fatos históricos”.

O enredo do filme trata sobre um assassino em série que agiu ainda na era soviética, na década de 1950. Child 44 foi baseado no romance de Tom Rob Smith, escrito em 2008, relata a caçada ao tal assassino, cujas vítimas eram, na maioria, crianças.

9. Memes

9
Quer fazer gracinha? Não faça isso na Rússia! Pelo menos não queira criar memes com a imagem de uma autoridade pública, como o presidente Putin, por exemplo.

Para se ter ideia do quanto o assunto é levado a sério na Rússia, o País tem até um departamento, uma agência federal, responsável pela supervisão de tecnologia de informação e comunicações. 

Assim, caso um uma personalidade publica se senta ofendido por alguma brincadeirinha online, ela pode acionar o responsável pelo tal departamento e, este, pode acionar a justiça.

8. Ring girls de biquíni

8
E, para os homens que vão ou assistem aos lutas somente para babar nas “ring girls”, um alerta: na Rússia, desde junho desse ano (2015), as garotas que passeios com as placas pelos rings não podem mais fazer isso de biquíni.

O motivo? Bom, segundo a World of Boxing, uma das maiores promotoras de eventos de boxe da Rússia e responsável pela medida radical, a intenção é que se respeite o islamismo e outras crenças religiosa… no meio das lutas de box. Ok, então.

7. Serviços online com servidores estrangeiros

7
A partir de 2016, redes sociais, emails, aplicativos, serviços de armazenamento de dados em nuvens e outros serviços online só poderão atuar na Rússia se os dados dos usuários ficarem armazenados na própria Rússia.

Radical, né? A lei foi aprovada pelo parlamento russo, em julho de 2014. A justificativa para isso tudo é o suposto combate à pirataria e a maior segurança nacional. Aliás, esse último assunto se tornou uma fixação da Rússia depois que informações secretas dos Estados Unidos foram descobertas e vazadas por Edward Snowden.

6. ONGs estrangeiras

6
Desde maio, o presidente Vladimir Putin pode, por meio da Justiça, decretar quando uma ONG estrangeira é “indesejável” na Rússia, caso apresentem alguma “ameaça” à ordem constitucional, à segurança nacional ou à defesa do país. Isso coloca em risco, por exemplo, a atuação na Rússia de ONGs de alcance nacional, como a Anistia Internacional e Human Rights Watch.

5. Carteira de motorista para transgêneros e transexuais

11
Na Rússia, transexuais, transgêneros e uma série de outros casos, como pessoas que praticam fetichismo, voyeurismo e exibicionismo, por exemplo, são tratadas como doentes mentais. E, muito em breve, nenhuma dessas pessoas poderão dirigir na Rússia. Conforme o governo russo, a medida está endurecendo na Rússia para evitar os “altos números de acidentes de trânsito”. Putz…

4. Obscenidades em público

4
Desde 2014, uma lei nova proíbe atos e gestos obscenos em apresentações públicas. O dedinho aí, da foto, em público, por exemplo, é motivo para punições pesadas. Por outro lado, no entanto, uma outra lei russa criminaliza ofensas a religiosos e é completamente ignorada.

3. Bitcoin

3
O dinheiro que está reescrevendo a história da internet, claro, é proibido na Rússia. Conforme as autoridades do país, as moeda virtual é ilegal porque pode ser usada para fazer terrorismo financeiro, para lavagens de dinheiro, além de ser uma moeda paralela à vigente na Rússia.

2. Adoção de crianças russas por americanos

2
Essa é desde 2012. A vantagem é que Putin não inventou nenhuma desculpa esfarrapada para decretar a lei na Rússia. Segundo ele mesmo, essa foi uma retaliação contra uma lei similar, baixada por Obama.

1. Propagandas gay

1
Nada de propagandas que mostrem relações não “tradicionais” a menores de idade. Isso é o que diz, basicamente, a lei de 2013 sobre o assunto. A punição é multa de até 150 dólares, algo em torno de 470 reais, para pessoas físicas; e de até 30 mil dólares ou 93,7 mil reais, para pessoas físicas.

Se a propaganda for na internet, então, as punições prometidas são mais severas. E se for um estrangeiro na Rússia, é possível pegar até 15 dias de detenção.

A lei, como você já deve imaginar, inclui em suas proibições manifestações ativistas em apoio à causa gay e, obviamente, as próprias paradas. Aliás, até 1993, na Rússia, os homossexuais eram considerados criminosos. Hoje, no entanto, são vistos como doentes mentais.
Via: UOL/Segredos do Mundo
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!