Ultimas

15 famosos que são portadores de transtornos mentais

Não dá para explicar bem o porquê, mas de uma maneira geral, é possível ver que mais e mais pessoas estão sofrendo e sendo diagnosticadas com doenças mentais. E, mesmo que sejam transtornos leves, que não precisem de medicamento, a verdade é que a maioria das pessoas preferem não calar sobre o assunto. Isso, sem contar um quantidade grande dos que jamais procuram ajuda para suas doenças mentais.

Por causa desse cenário, bobo mas real, é que os famosos estão cada vez mais engajados em ajudar pessoas com algum dito das doenças mentais mais comuns. Muitas celebridades chegam até mesmo a quebrar o silêncio de suas vidas íntimas para contar ao mundo que também sofrem com doenças mentais.

Alguns, como você vai ver na lista abaixo, têm doenças mentais mais graves, que podem ter fases agudas e até autodestrutivas, como o transtorno bipolar. Outras, têm problemas que impedem a concentração, como o déficit de atenção e assim por diante. Mas, de maneira geral, a depressão é uma das doenças mentais mais comuns entre as estrelas.

Como você vai ver, ao revelarem suas doenças mentais, os artistas contaram também o que sentiam e porque o sentiam. É emocionante.

Confira, abaixo, 15 famosos que revelaram ter doenças mentais:

1. Elen Degeneres, depressão

1
“Tudo o que eu mais temia aconteceu comigo. Eu perdi meu programa. (…) Depois de sair do estúdio, onde trabalhei duro por 5 anos, sabendo que eu fui desrespeitada por eu ser gay, eu acabei caindo em um profunda depressão”.

2. Leonardo DiCaprio, Transtorno Obsessivo-Compulsivo (TOC)

2
Durante as filmagens do filme O Aviador: “Eu lembro do meu maquiador e do assistente dele andando comigo de uma lado para o outro do set de filmagem. Ele dizia: “Deus, vamos precisar de 10 minutos para ele refazer todos seus passos, tocar a porta e voltar aqui de novo”. Isso, literalmente, me deixou louco muitas vezes.”

3. Heyden Panettiere, depressão pós-parto

3
“Há um monte de mau entendidos, há muitas pessoas de fora que pensam que isso não é real, que não é verdadeiro, que uma coisa que está fazendo sua cabeça, que não os hormônios. Mas, isso é algo completamente incontrolável. É realmente doloroso e assustador, e as mulheres precisam de muito apoio”.

4. J.K. Rowling, depressão

4
“Eu nunca me sentir, nem remotamente, envergonhada de ser depressiva. Nunca. Sentir vergonha de quê? Eu enfrentei um momento muito difícil e estou orgulhosa de ter saído dele”.

5. Jared Padalecki, depressão

5
Isso me batia como se fosse um saco de tijolos. Digo, eu tinha 25 anos. Eu tinha meu próprio programa de TV. Tinha meus cachorros que eu amava, muitos amigos, e estava sendo admirado pelos fãs. Eu estava feliz com meu trabalho, mas eu não podia fugir disso, mesmo que não fizesse sentido. Não são apenas pessoas que não conseguem encontrar um emprego ou que não têm destaque na sociedade que lidam com a depressão, às vezes”.

6. Brad Pitt, depressão

8
“Eu costumava lidar com a depressão, mas agora não, não nessa década. Mas isso também faz parte de quem você é. E vejo isso como uma grande educação, uma das estações ou semestres: Esse semestre eu estava me formando em depressão. Eu estava fazendo a mesma coisa todas as noites, me entupindo de remédios para dormir, a mesma rotina. Eu não conseguia mais esperar para voltar para casa e me esconder”.

7. Carrie Fisher, transtorno bipolar

9
“Às vezes, você não quer ser essa pessoa. Você não quer se juntar à festa e você não tem escolha. Eu mantive pessoas no telefone por 8 horas. Quanto minha fase maníaca (crise) ficou mais forte, era como se eu estivesse em um caminho claro demais. Você sabe, uu estou ficando cada vez mais alta e tudo começa a acontecer rápido demais. E não consigo mais me conectar. Minhas frases não fazem sentido. Eu não me controlo mais, não consigo dormir e eu não sou confiável”.

8. Adam Levine, déficit de atenção e hiperatividade

11
“Quando eu fui diagnosticado com o problema, não foi uma surpresa porque eu tinha dificuldades em manter o foco no ensino médio. E agora, na fase adulta, as pessoas ainda podem perceber o déficit de atenção diariamente. Eu não consigo prestar atenção, eu realmente não consigo prestar atenção”.

9. Demi Lovato, transtorno bipolar

7
“Eu me lembro de sentar com meu empresário e minha família e conversar com eles sobre contar ou não sobre a doença com a qual eu estava lidando. Eu sabia que havia duas opções: eu poderia não falar nada sobre minha estadia na clínica de reabilitação e esperar que ninguém descobrisse isso, ou eu poderia falar sobre isso e inspirar as pessoas com o mesmo problema a procurar ajuda para tratar a doença, então, eu realmente escolhi isso”.

10. Jim Carrey, depressão

10
Eu dependi de Prozac por um longo tempo. Isso pode ter me livrado de uma enrascado por um tempo, mas as pessoas ficam nele para sempre. Eu tive que deixá-lo, num certo ponto, porque eu percebi que, você sabe, tudo está ok”.

11. Elton John, bulimia

6
“No momento que eu disse que eu precisava de ajuda, eu sabia que eu estava começando a melhorar, e eu estava determinado a melhorar”.

12. Jon Hamm, depressão

13
“E, honestamente? Antidepressivos ajudam! Você pode mudar a química do seu cérebro ao ponto de pensar “eu quero levantar de manhã, eu não quero dormir até as 4 da tarde. Eu quero levantar, fazer minhas coisas e ir trabalhar”. Isso dá um “reset” no autocontrole, liga a máquina novamente”.

13. Angelina Jolie

12
“Eu senti que eu estava entrando em um lugar muito escuro, e eu não era capaz de me levantar pela manhã, então eu procurei por alguma coisa que me forçasse a agir”.

14. Gwyneth Paltrow, depressão pós-parto

14
“Foi horrível, foi exatamente o contrário do que aconteceu quando Apple nasceu. Com ela eu estava nas nuvens. E não podia acreditar que não era do mesmo jeito. Eu pensei que eu fosse um mãe horrível e uma pessoa horrível”.

15. David Beckham, transtorno obsessivo-compulsivo

15
“Eu vou para um quarto de hotel. Antes de poder relaxar, eu tenho que pegar todos os folhetos e livros e colocá-los em uma gaveta. Tudo tem que estar perfeito”.
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!