Ultimas

Os 7 artistas que previram a própria morte

A internet parou com a notícia de que o astro David Bowie havia morrido no último domingo, 10 de janeiro. Vítima de um câncer no fígado, o cantor tinha lançado, apenas dois dias antes, o clipe da música “Lazarus”, o que foi o suficiente para que muitos o considerassem um sinal.

Logo na primeira estrofe, a canção traz a seguinte frase: “Look up here, I'm in heaven” (Olha aqui, eu estou no céu). Além disso, alguns usuários perceberam que a última conta que Bowie seguiu no Twitter era de um usuário intitulado “Deus”. Mais um prato-cheio para teorias.


Mas não só o falecimento do cantor está cercado de mistério e dúvidas. Confira outros 7 casos que geram muita discussão até hoje: 

7. Tupac

A morte do rapper Tupac está envolta de muitas controvérsias, e há quem acredite que o cantor ainda está vivo e que o incidente não passou de uma farsa. 

No dia 7 de setembro de 1996, Tupac e Suge Knight, executivo da companhia fonográfica, iam para um clube quando pararam em um cruzamento, e um carro se aproximou e atirou contra os dois. Tupac foi baleado várias vezes no peito e levado em estado crítico para a UTI. O cantor não resistiu e morreu de uma parada cardiorrespiratória, seis dias depois do ocorrido, aos 25 anos.

Durante sua polêmica carreira, o cantor deu algumas declarações que até hoje são consideradas premonições. Durante a gravação de um de seus álbuns, o cantor teria dito o seguinte: “Tive uma profecia sobre a minha morte. Por isso, vou ao estúdio e faço três músicas num dia, deixo as coisas preparadas. Se eu morrer, e isso pode acontecer, se qualquer coisa acontecer comigo, o álbum está pronto”.

Na música “Niggaz Done Changed”, ele canta “Eu fui baleado e morto, posso te dizer como isso aconteceu palavra por palavra”. Além disso, em uma entrevista ao Entertainment Weekly, quando questionado sobre onde ele estaria em 10 anos, o cantor respondeu: “No melhor dos casos, em um cemitério”.

6. Marc Bolan


Líder da banda glam Tyrannosaurus Rex, Marc sempre teve medo de dirigir, o que o impediu de tirar uma carteira de motorista. O guitarrista sempre falava a todos os amigos sobre sua crença de que não viveria para ver os seus 30 anos. Esses dois fatos convergiram de forma assustadora quando Marc morreu em um acidente de carro, em 16 de setembro de 1977, duas semanas antes de seu 30º aniversário.

Além disso, seu single “Solid Gold Easy Action” contém o trecho: “A vida é o mesmo e sempre será. Fácil como escolher raposas de uma árvore”. O carro em que Marc estava no dia do acidente tinha as letras “FOX” na placa – raposa em inglês – e se chocou contra uma árvore ao lado da estrada. 


5. Mikey Welsh


Apenas duas semanas antes de ser encontrado morto em um quarto de hotel na Califórnia, Mikey Welsh, ex-baixista do Weezer, publicou uma declaração polêmica em sua conta no Twitter: “Sonhei que morria em Chicago na próxima semana (ataque do coração). Preciso escrever meu testamento hoje”.


4. Jimi Hendrix


Jimi Hendrix é considerado o melhor e maior guitarrista da história do rock, e sua morte está entre as mais comentadas teorias da conspiração.

Em 18 de setembro de 1970, Jimi foi encontrado morto no hotel Samarkand, onde estava hospedado com sua namorada, Monika Dannemann. O médico que atendeu o caso relatou que o guitarrista havia se asfixiado em seu próprio vômito, enquanto a namorada explicava que Jimi tinha ingerido nove comprimidos para dormir sem que ela tivesse percebido.


Alguns chegaram a cogitar que Jimi pudesse ter cometido suicídio, mas a declaração mais chocante foi de James “Tappy” Wright, ex-rodie. Segundo ele, Michael Jeffrey, empresário do músico, entrou no quarto em que Jimi estava e o forçou a tomar as pílulas para dormir e uma garrafa de vinho tinto. Michael ainda teria dito que Jimi Hendrix “morto valia mais para ele do que vivo”. A declaração fazia referência a um seguro de vida do músico no valor de US$ 2 milhões.

Cinco anos antes do fatídico acontecimento, Hendrix escreveu uma canção sobre ele mesmo intitulada “The Ballad of Jimi”. A letra chama atenção: “Esta é minha história... Cinco anos, isso ele disse. Ele não se foi, está apenas morto”.

3. Jim Morrison


Em outubro de 1970, Jim Morrison estava de luto pela morte da amiga e estrela Janis Joplin. Em uma conversa de bar com os amigos sobre o assunto, eles também comentavam o falecimento de Jimi Hendrix, no mês anterior. Então Jim disse: “Vocês estão bebendo com o número três”. Pouco menos de um ano depois, o cantor foi encontrado morto em uma banheira, aos 27 anos de idade, tornando-se a terceira estrela do rock a morrer em um curto período.

2. Lynyrd Skynyrd


Em 20 de outubro de 1977, o Lynyrd Skynyrd embarcou com sua equipe em um Convair 240, avião particular da banda. A quantidade de combustível não teria sido suficiente para cobrir o caminho até Lousiana, o que fez com que o avião caísse em uma floresta próximo ao Mississipi.

O vocalista Ronnie Van Zant e o guitarrista Steve Gaines morreram na hora, e, segundo relatos de um dos músicos sobreviventes, a irmã de Steve, a jovem Cassie, teve a garganta cortada e agonizou até a morte no local.


Apenas três dias antes, a banda havia lançado o álbum “Street Survivors”, com uma capa que mostra os integrantes da banda em meio às chamas. A letra da música “That Smell”, presente no disco, ganhou um novo significado após a tragédia:
“Ooh, ooh that smell
Can’t you smell that smell?
Ooh, ooh that smell
The smell of death surrounds you
Angel of darkness is upon you”
“Ooh, Ooh esse cheiro
Você não consegue sentir esse cheiro?
Ooh, Ooh esse cheiro
O cheiro da morte rodeia você.
O anjo da escuridão está em cima de você”

1. Mamonas Assassinas


Em março de 2016, a morte trágica de todos os integrantes da banda Mamonas Assassinas completa 20 anos. Imenso sucesso nacional, o grupo estava a caminho de São Paulo quando o jatinho em que estavam se chocou contra a Serra da Cantareira.

Doze horas antes do acidente, o tecladista Júlio Rasec revelou em um vídeo a sua premonição: “Essa noite eu sonhei com um negócio assim... Parecia que o avião caía, eu não sei”.



Em outro vídeo, gravado um mês antes, Dinho faz uma brincadeira: “Esse avião quase caiu na selva amazônica, porque quebrou o radar. Eu tenho uma boa e uma má notícia pra você...”

Nesse momento, ele é interrompido por Júlio, que pergunta: “Você não é o Dinho, dos Mamonas?”, e Dinho responde: “Eu era”. Ele continua a falar com a câmera: “A boa é que eles consertaram o radar... [A ruim é que] Quebrou de novo”.
Via: Mirror, Whiplashm Tupac, Cade meu Whiskey, VH1, Jornal Nacional, YouTube




Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!