Ultimas

Podem ser graves essas manchas labiais?


Quando o câncer bucal é detectado em fase inicial, a chance de cura representa 80% dos casos.

A principal forma de se detectar o câncer bucal é o AUTOEXAME BUCAL.

Trata-se de um exame simples e eficaz capaz de detectar precocemente as alterações na cavidade bucal.

Autoexame bucal do Setor de Estomatologia da UNIFESP

O autoexame bucal é um exame simples e eficaz na identificação de alterações bucais e na prevenção do câncer bucal.
Pode e deve ser realizado por qualquer pessoa, principalmente em homens e mulheres acima dos 40 anos fumantes e que fazem uso de bebida alcoólica.
 Como devo fazer e o que devo procurar?
- Lave as mãos e faça uma boa higienização da boca;
- Remova próteses e dentaduras se for o caso.


A técnica do autoexame bucal consiste em inspeção visual e palpação, devendo ser realizada em frente ao espelho com boa iluminação. Para facilitar a memorização das estruturas da boca a serem examinadas no autoexame bucal, foi criada a sigla

BLLAP

(Bochecha, Lábios, Língua, Assoalho bucal e Palato)

BOCHECHA (direita)
Inspeção visual 
 
Puxe a bochecha com os dedos procurando feridas, sangramentos, manchas brancas, escuras ou vermelhas.

Palpação

Com o dedo indicador percorra toda a extensão da bochecha procurando caroços, endurecimentos e áreas dormentes.

Repita o mesmo processo na BOCHECHA (esquerda)

LÁBIOS
Inspeção visual
 
Procure feridas e alterações de cor nos lábios e cantos da boca.

Lábio inferior - Puxe o lábio com os dedos para baixo, procurando feridas, sangramentos, manchas brancas, escuras ou avermelhadas.


Palpação
 
Com o dedo indicador e o polegar em forma de pinça, palpe toda a extensão do lábio procurando caroços, endurecimentos e áreas dormentes.

Lábio superior- levante o lábio com os dedos, procure feridas, sangramentos, manchas brancas, escuras ou avermelhadas.

Com os dedos indicador e o polegar em forma de pinça, palpe toda a extensão do lábio procurando caroços, endurecimentos e áreas dormentes.

LÍNGUA
Inspeção visual 

Coloque toda a língua para fora observando o dorso; procure feridas, sangramentos, manchas brancas, escuras ou avermelhadas.

Puxe a ponta da língua para observar a bordas laterais, procure feridas, sangramentos, manchas brancas, escuras ou avermelhadas.

Palpação

Com os dedos indicador e o polegar em forma de pinça, palpe toda a extensão do lábio procurando caroços, endurecimentos e áreas dormentes.

ASSOALHO BUCAL (embaixo da língua)
Inspeção visual 

Posicione a língua no céu da boca (palato) sangramentos, manchas brancas, escuras ou avermelhadas.

Palpação

Com o dedo indicador de uma mão e o polegar da outra mão, palpe toda a extensão do assoalho bucal procurando caroços, endurecimentos e áreas dormentes.

PALATO (CÉU DA BOCA)
Inspeção visual 

Incline a cabeça para trás, abra bem a boca, procure feridas ou manchas.

Palpação
 
Com o dedo indicador palpe toda a extensão do palato procurando caroços e áreas dormentes.

LEMBRE-SE: Nem toda alteração encontrada no autoexame bucal é CÂNCER, no entanto, qualquer alteração encontrada após o autoexame bucal deve ser examinada por um dentista ou em um ambulatório de Estomatologia.
 Via: UNIFESP
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!