Ultimas

O que acontece se recebermos sangue do tipo errado?

Como você já dever ter escutado por aí, o sangue humano é dividido em alguns tipos, dentre eles A, B, AB ou O, com variações de positivos e negativos, segundo o fator Rh. Embora esse assunto todo exija uma explicação completa e seja necessário voltar às bases das aulas de biologia, o que você precisa saber  mesmo é que cada tipo de sangue conta com suas particularidades e muitos deles não podem ser misturados, especialmente no caso de uma transfusão. Quer saber o que aconteceria nesse caso?

Segundo especialistas no assunto, o mais comum é que o sangue original comece a rejeitar o novo sangue recebido e cause diversas complicações indesejadas, como você vai descobrir agora mesmo. Aliás, a pior coisa que pode acontecer quando uma pessoa recebe sangue do tipo errado é o que os médicos chamam de reação hemolítica aguda, que consiste na destruição das hemácias (células do sangue que fazem o transporte de oxigênio pelo corpo).

A forma eficiente de salvar o paciente, em uma situação assim, é suspender na hora a transfusão e hidratar a pessoa com soro fisiológico. Isso ajuda a acelerar o processo de diurese, ajudando os rins a eliminar as hemácias estranhas pela urina, para que a pressão arterial e as outras funções do corpo se regularizem o mais rápido possível.

Mas outras consequências, ou sintomas da rejeição, podem surgir quando alguém recebe um tipo de sangue não compatível com o seu. Na lista abaixo você confere um pouco do que pode acontecer nesses casos fatídicos.

Veja, abaixo, o que acontece se recebermos sangue do tipo errado:

1. Febre

1
O corpo, ao rejeitar as hemácias do sangue errado, reage como se estivesse passando por uma infecção. Isso causa febres altas e outras reações alérgicas, dependendo do organismo.

2. Queda da pressão

2
Uma transfusão de sangue errada pode gerar, no corpo, efeitos vasodilatadores, que provocam queda brusca da pressão arterial. Isso compromete muito a oxigenação do corpo, já que o fluxo sanguíneo reduz. Isso faz com que o coração fique sobrecarregado, na tentativa de estabilizar o fornecimento sanguíneo para os órgãos. Tudo isso causa dores no peito e nas costas.

3. Rins

3
Todo esse processo de estranhamento do corpo afeta, diretamente, os rins. A violência contra esse órgão, que funciona como um filtro para nosso organismo, resulta em uma urina escura, cheia de hemoglobinas eliminadas. A situação pode acarretar até um quadro de insuficiência renal aguda, que pode ser fatal para o paciente.

E então, já procurou saber qual seu tipo sanguíneo? Essa informação pode até salvar sua vida!
Via: Mundo Estranho
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!