Ultimas

Como seria se um homem sentisse as dores de um parto?

Você já se perguntou como funciona a dor do parto? Aparentemente pode ser apenas uma dor como qualquer outra. Mas, como uma mulher sabe que ela está entrando em trabalho de parto? Quando uma mulher entra em trabalho de parto acontecem algumas coisas, como por exemplo o colo do útero fica cada vez mais fino e macio, além de dilatar cerca de 10 cm, mas essa é uma certeza feita pelos médicos e enfermeiras, através do exame de toque.

As contrações (famigeradas dores) acontecem em intervalos regulares e menores, e claro, cada vez mais fortes. Também podem aparecer dores nas costas, seguidas de uma dor parecida com a pré-menstual. Além disso, também ocorre o escorrimento de uma secreção de muco meio marrom ou com traços de sangue.


Outra coisa, a bolsa rompe, mas o trabalho de parto só estará realmente acontecendo se a bolsa romper mas também estiver com contrações. A dor do parto é uma das dores mais temidas por todas as mulheres, principalmente por não se tratar de uma dor “comum”.

Ela aparece junto com as contrações e é uma dor intermitente. Começa bem fraca e vai aumentando, até atingir seu ponto máximo, diminuindo e desaparecendo por completo. No período entre as contrações não há dor, nem incômodo, nem pressão. É o tempo necessário para relaxar e respirar.

Outro detalhe interessante é de que a dor varia de mulher para mulher, principalmente por se tratar de uma dor influenciada por fatores psicológicos, funcionais e emocionais. Muitas mulheres afirmam que após pegar o recém nascido nos braços, a dor é esquecida por completo.


 Bem, para poder compartilhar um pouco da dor que as mulheres passam, um grupo de testadores, conhecidos como The Try Guys, passaram pela experiência de simulação de dores do parto, através de choques elétricos. Quando chegam ao ponto de não aguentarem a dor precisam dizer “epidural”. Confira o vídeo abaixo:


Então pessoal, o que acharam? Será que vocês homens realmente acreditam que a dor do parto não é tanta assim? Talvez comecem a pensar duas vezes antes de falar sobre as cólicas das moças? Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!
Via: Baby Center / Buzz Feed Video
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!