Ultimas

Mulher cria bolhas em todo corpo após picada de inseto

Há quase uma década, uma mulher identificada apenas como Calvina, estava aparando a grama do jardim de sua casa, em Oklahoma, EUA, quando sentiu uma picada no tornozelo. Pouco mais tarde, notou que uma marca escura havia aparecido em seu braço e outras iguais começaram a se espalhar por todo o corpo.

Após visitar um dermatologista para fazer uma biópsia, ela foi informada que o problema poderia ter sido causado por seus nervos. Mais tarde, quando resolveu fazer novos exames, os médicos lhe disseram se tratar de uma alergia. No entanto, nenhuma medicação parecia impedir que as marcas se espalhassem ou coçassem.

Como nunca teve o sistema imunológico verificado pelos médicos, a vida da mulher logo acabou se transformando em um verdadeiro inferno. Ela sofria ataques de coceira que evoluíam para sangramentos. As marcas se tornaram cada vez mais grossas, duras e ocupavam a pele da barriga, costas, pernas e pés – poupando apenas o rosto.

Logo, por casa da aparência, todos os aspectos de sua vida foram afetados, incluindo carreira profissional e vida social. Ela admitiu ter sofrido constrangimentos públicos, com as pessoas comentando sobre suas marcas e evitando-a por medo de serem contagiosas.

Depois de sete anos enfrentando a misteriosa condição de pele, ela compartilhou a história em um programa de TV norte-americano chamado The Doctors. Uma vez lá, os médicos lhe disseram que nunca tinham visto nada parecido. Então, após uma série de exames, ela finalmente recebeu o diagnóstico de sua condição. Calvina estaria sofrendo de Urticária Vasculite e Hipotireoidismo.

A primeira é considerada uma doença autoimune rara. De acordo com a Vasculitis Foundation, trata-se de uma forma de vasculite que afeta a pele, causando pápulas, urticárias ou manchas vermelhas devido ao inchaço dos pequenos vasos sanguíneos. A causa da maioria dos diagnósticos é desconhecida, podendo estar associada ao Lúpus Eritematoso Sistêmico, Artrite Reumatoide ou Síndrome de Sjögren. Já o Hipotireoidismo é uma desordem também autoimune que ocorre quando a glândula tireoide não produz hormônios suficientes.

Os médicos do programa então forneceram gratuitamente o tão esperado diagnóstico de Calvina, que ficou emocionada. “Eu não achei que vocês meu ouviriam”, disse ela chorosa. “Mas vocês me ouviram”.

Em suma, a história da norte-americana é um lembrete para que pessoas com doenças estranhas e aparentemente inéditas, tenham seus sistemas imunológicos verificados a fim de encontrar quaisquer níveis sanguíneos anormais. Assista o vídeo:

Fonte: Little Things / Jornal Ciência
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!