Ultimas

Aprenda a Lidar Com Pessoas Difíceis

  • Os relacionamentos são naturalmente pautados por dificuldades relacionadas ao convívio entre diferentes personalidades. Algumas pessoas são mais calmas, outras mais agressivas; umas alegres, outras mais retraídas; enfim, cada ser humano é uma individualidade com valores e crenças próprias elaborados num complexo contexto de vida.

    O que caracteriza uma pessoa difícil não são essas diferenças, e sim a maneira como ela lida com isso. Pessoas consideradas difíceis são as que não buscam entendimento, são inflexíveis e, ainda, tentam impor exigências. Relacionar-se com pessoas assim corresponde a grande aprendizado, afinal, há que se desprender maior esforço de compreensão.

    Algumas dicas podem facilitar o convívio com esses indivíduos problemáticos:
  • 1- Olhe além das aparências

    É importante buscar a compreensão de que indivíduos mal-humorados e pessimistas, petulantes ou ainda arrogantes, usam dessas imagens como uma máscara ou falsa aparência, que esconde na verdade pessoas inseguras, extremamente infelizes e solitárias que apresentam elevado complexo de inferioridade. Tente compreender o contexto em que elas vivem e os valores que têm; esqueça rótulos do tipo vilão e vítima.
  • 2- Exercite a paciência e a benevolência

    Diante de pessoas cuja autoestima seja tão precária a ponto de não conseguirem encarar a si mesmo, a paciência é um exercício de piedade. A estratégia, então, é manter a tranquilidade e não agir pela emoção a fim de que a pessoa não consiga magoar você. Seja benevolente e gentil; pessoas que não buscam harmonia não sabem lidar com gentilezas e amabilidades, na verdade elas não se sentem capazes de agradar, então essas ações as desarmam totalmente.
  • 3- Questione com respeito

    A pessoa pode estar tão acostumada a pontuar o lado negativo das coisas ou só tratar mal as pessoas que nem percebe. Uma medida interessante é questionar a pessoa sobre quais as razões de sua hostilidade. Mas muito cuidado: confrontar não é recomendado; esse questionamento deve ser feito com muito respeito. Não deixe transparecer uma cobrança, apenas tente se aproximar e apontar os problemas que, talvez, ela não queira enxergar. Agindo afetuosamente ela pode ficar mais acessível.
  • 4- Não reaja às provocações

    Uma boa estratégia para conviver com pessoas que provocam irritabilidade é nunca reagir. Pense: reagir é agir a partir da ação delas, dessa forma você estará aceitando as provocações; ao passo que agindo a ação se inicia por você e não acontece como um revide. Reagindo tomamos a vontade do outro; agindo estabelecemos a nossa própria vontade. Então responder aos impropérios hostis com firmeza, mas sem revides é uma opção inteligente que traz inúmeras vantagens.
  • 5- Autoanálise

    Acreditamos que só há uma razão para julgarmos os atos alheios; buscar não cometê-los. Assim, ao nos depararmos com pessoas de difícil trato, muito recomendável seria se procedêssemos a uma autoanálise perguntando a nós mesmos: será que também não sou uma pessoa difícil? Muitas vezes o que nos irrita no outro pode ser o que não gostamos em nós mesmos. Tente se conhecer melhor! Com o tempo percebemos o quanto trabalhar bons relacionamentos pode gerar satisfação e bons sentimentos em nós mesmos. Então, naturalmente agimos e exemplificamos a disposição para harmonizar relacionamentos.
    Fonte: Familia
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!