Ultimas

Personalidade Narcisista - Como São as Pessoas Com Esse Transtorno?

O transtorno de personalidade narcisista é uma condição na qual as pessoas têm uma noção excessiva de autoimportância, com preocupação extrema consigo mesmas e falta de empatia com os outros.

O narcisismo é mecanismo compensatório frente a uma crença de desvalor e fragilidade interna. A incapacidade de ser superior ativa crenças de inferioridade, insignificância ou impotência e as estratégias compensatórias de autoprotecção e de autodefesa.

Qual é a história do conceito de narcisismo?

A noção psicológica de narcisismo surgiu no século XIX, com base no personagem da mitologia grega chamado Narciso. Ele era um jovem belo que despertava o amor das jovens gregas e das ninfas, mas era arrogante e desprezava-as, tratando-as com indiferença. Um dia, Narciso aproximou-se de um lago e apaixonou-se pela sua própria imagem ao vê-la refletida na água, lançando-se ao lago para se unir aquele por quem se apaixonara – ele próprio. Surge assim o termo de “personalidade narcísica”, onde o indivíduo ao sentir que não é suficientemente reconhecido pela maioria das pessoas, tenta cada vez mais demonstrar ou tornar claro aos outros aquele que acredita ser o seu real valor.

Quais são as características da personalidade narcísica?

 
Mais recentemente, psicólogos americanos definiram o narcisismo pela conjugação de sete características: 1) autoritarismo, 2) superioridade, 3) vaidade, 4) exibicionismo, 5) exploração dos outros, 6) autossuficiência, 7) pretensão a privilégios. Esses traços quando se apresentam de forma inadequada, podem ser tornar um transtorno mental.

A característica essencial é um padrão de grandiosidade e necessidade de admiração. Os indivíduos com este transtorno têm um sentimento grandioso de sua própria importância. Eles rotineiramente superestimam suas capacidades e exageram suas realizações, frequentemente parecendo presunçosos ou arrogantes. 

Geralmente exigem admiração excessiva. Sua autoestima é, quase que invariavelmente, muito frágil. Isto frequentemente assume a forma de uma necessidade de constante atenção e admiração. 

A expectativa irracional de receber um tratamento especialmente favorável ou obediência automática às suas demandas, combinado com uma falta de sensibilidade para com os desejos e necessidades alheias, pode resultar na exploração consciente ou involuntária dos outros. 

Os indivíduos com este transtorno em geral carecem de empatia. As relações interpessoais tipicamente são comprometidas pelos problemas relativos ao desrespeito e a falta de sensibilidade alheia. Quando reconhecem as necessidades ou sentimentos alheios, tendem a vê-los como sinais de fraqueza ou vulnerabilidade, o que torna os torna muito sensíveis à críticas. 

Qual seria o tratamento?

Tratamento de transtorno de personalidade narcisista é centrada na psicoterapia. Não existem medicamentos usados especificamente para o tratamento de transtorno de personalidade narcisista. No entanto, se o paciente apresentar sintomas de depressão, ansiedade ou outras condições, medicamentos antidepressivos ou ansiolíticos podem ser úteis.

Os tratamentos podem incluir:

1) Terapia cognitiva comportamental. Em geral, a terapia cognitivo-comportamental ajuda a identificar crenças disfuncionais e comportamentos negativos e substituí-los por outros mais saudáveis e positivos.

2)  Terapia familiar. A terapia familiar pode proporcionar o tratamento da família reunida em sessões de terapia a fim de explorar conflitos, dificuldades de comunicação e resolução de problemas, para intermediar problemas de relacionamento.

 3)  Terapia de grupo. Na terapia de grupo, o paciente se encontra com um grupo de pessoas com condições semelhantes, o que pode ser útil para ajudar a se relacionar melhor com os outros. Esta pode ser uma boa maneira de aprender sobre ouvir os outros, sobre seus sentimentos e oferecer apoio.

Os traços de personalidade podem ser difíceis de mudança, por isso a terapia pode levar vários anos. O objetivo a curto prazo da psicoterapia para o transtorno de personalidade narcisista é abordar questões como abuso de substâncias, depressão, baixa autoestima ou vergonha. O objetivo a longo prazo é remodelar a sua personalidade, de modo que o paciente possa mudar os padrões de pensamento que distorcem a sua autoimagem e criar uma visão mais realista de si mesmo, sem tanto sofrimento.

A psicoterapia também pode ajudar o paciente a se relacionar melhor com os outros, para que seus relacionamentos sejam mais íntimos, agradáveis e gratificantes. Ele pode ajudar a entender as causas das emoções e que o leva a competir, desconfiar de outros, e talvez desprezar a si mesmo e aos outros.
Fonte: Mayo Clinic / Psiqweb / Psiqcentral / Functional Analytic Psichotherapy / Plenamente
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!