Ultimas

Presbiopia - Doença Ocular Que Enfraquece as Vistas

Podemos definir Presbiopia ou vista cansada como o enfraquecimento do poder de acomodação para a visão de perto devido à perda da elasticidade do cristalino. Começa geralmente, a partir dos 40 anos de idade, com redução gradual da visão para perto.

Quais as causas da Presbiopia?

Tudo faz parte de um processo natural de envelhecimento do corpo. O cristalino normal é uma estrutura semelhante a uma lente, que muda sua forma para focalizar adequadamente as imagens, principalmente para perto. Esse ajuste do cristalino é feito automaticamente pelos músculos ciliares.
Com o avançar da idade, esses músculos ciliares não funcionam mais tão bem e o cristalino não consegue mais se adaptar da melhor forma para focar a imagem. Com isso, a qualidade da visão para perto fica comprometida.

Alguns fatores de risco


Além da idade, outros fatores colaboram com o aparecimento da presbiopia:
  • Diabetes, anemia, esclerose múltipla e doenças cardiovasculares;
  • Medicamentos como os antidepressivos, anti-histamínicos e diuréticos;
  • Mulheres e cirurgia intraocular prévia.

Principais sintomas de Presbiopia

  • Dificuldade para enxergar letras e imagens muito pequenas;
  • Visão borrada quando se tenta ler algo em distância normal;
  • Dores de cabeça ao realizar atividade que necessite da visão para perto;
  • Necessidade de mais luz ao tentar enxergar de perto;
  • Necessidade de afastar para mais longe, algo que se está lendo.

Diagnóstico e tratamento da Presbiopia

O diagnóstico é feito correlacionando as queixas do paciente com um exame oftalmológico completo, avaliando a acuidade visual, o seu poder refrativo e as condições dos músculos oculares e da retina.
Quanto ao tratamento, a presbiopia não tem cura. Existem maneiras de se compensar a dificuldade em focalizar para perto:
  • Óculos, com lentes que fazem o papel do cristalino, compensando sua menor flexibilidade e fazendo com que a imagem se forme corretamente na retina;
  • Lentes de contato com grau específico para perto. Hoje existem diversos tipos de lentes que podem ser escolhidas de acordo com a necessidade e estilo de vida do paciente;
  • Cirurgia refrativa, com o uso da mesma técnica para correção dos erros refrativos (miopia, astigmatismo, hipermetropia) alterando o formato da córnea. Procedimento não muito seguro à longo prazo;
  • Substituição do cristalino por uma lente artificial, semelhante ao realizado na cirurgia da catarata. Não é uma unanimidade entre os especialistas

Prognóstico

Com um diagnóstico precoce e a devida correção a presbiopia não afete o dia a dia do paciente. Vale ressaltar que aos 65 anos o quadro costuma se estabilizar. Veja o vídeo informativo para maiores esclarecimentos:

Fonte: debemcomavida.mdsinsure.com
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!