Ultimas

Osteomielite - Infecção Aguda no Osso

A osteomielite pode ser definida como uma infecção aguda ou crônica do osso, geralmente causada por bactérias produtoras de pus (piogênicas). Até a medula óssea e o periósteo (membrana que reveste o osso) podem ser comprometidas.

Causas e tipos de Osteomielite

O agente mais comum causador da osteomielite é a bactéria Staphylococcus aureus e pode comprometer qualquer osso, sendo os ossos longos dos membros e da coluna vertebral os mais atingidos.

A osteomielite começa como infecção aguda e se não for convenientemente tratada pode tornar-se crônica.

Quanto ao modo de infecção

As bactérias podem chegar ao osso por 3 maneiras:
  • Pela via hematogênica (pelo sangue);
  • Por entrada direta (traumas, cirurgias, fraturas expostas, implantes ou próteses);
  • Por uma infecção próxima (úlceras de decúbito ou doença periodontal).

Quanto à evolução

A osteomielite pode ser: Aguda; Subaguda ou Crônica. A evolução da doença depende basicamente do agente causador, da resistência deste agente e da idade do paciente. Os ossos mais frequentemente acometidos são fêmur, tíbia e úmero.

Sinais e sintomas da Osteomielite

Em crianças a osteomielite aguda provoca dor no local, edema, eritema e sinais gerais de infecção tais como febre e comprometimento do estado geral.

Outras vezes a osteomielite pode ficar meses ou anos sem apresentar qualquer sintoma. Os tecidos que recobrem o osso comprometido geralmente apresentam-se inchados e inflamados e a movimentação provoca muita dor.

Nas infecções crônicas podem aparecer abscessos nos tecidos moles adjacentes, com saída de pus através da pele.

O diagnóstico

Inicialmente uma história clínica detalhada e um exame físico completo são importantes na investigação do quadro:

- Exames de laboratório como hemograma, hemossedimentação e PCR alterados.
- Exames de imagem: Raio X, ultrassom, cintilografia, tomografia e ressonância nuclear magnética.
- Punção da parte óssea afetada para determinar a presença de pus e colhendo material para cultura.

Tratamento da Osteomielite

Antibióticos

Os antibióticos devem ter boa penetração óssea e de largo espectro, combatendo as principais bactérias responsáveis pela doença.

Devem ser administrados por via venosa e o tratamento deve durar de quatro a seis semanas. Em alguns casos o tratamento é feito por meses.

Abscessos

Geralmente necessitam de drenagem cirúrgica, especialmente nos casos de fístula (o pus do osso infectado consegue chegar até a pele).

Enxertos

Os tecidos e ossos mortos são retirados cirurgicamente e o espaço é preenchido com enxerto de osso, músculo ou pele.

Amputação

Nos casos graves pode ser necessária a amputação do membro ou a retirada do osso comprometido.

Complicações da doença

- Osteomielite crônica provocando extração do osso ou até mesmo a amputação do membro comprometido.
- Evolução do processo inflamatório para as articulações, ocasionando artrite e artrose.
- Risco de septicemia, infecção generalizada do organismo.

Nestes 2 vídeos você conhecerá mais sobre a osteomielite e os métodos de tratamento:



Fonte: debemcomavida.mdsinsure.com
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!