Ultimas

Pressão Psicológica - Como Lidar com o Problema?

Seja no trabalho, em casa, no relacionamento ou com a família, estamos sempre sujeitos a sofrer com pressões psicológicas vindas das pessoas com quem convivemos. Além disso, a própria cobrança pessoal também gera uma pressão. Como lidar com essa situação? Todo cuidado é pouco para que esse problema não se torne uma doença mais grave, como depressão ou síndrome do pânico. 

Uma certa cobrança vinda das pessoas ao nosso redor é normal. No entanto, quando essas exigências passam do tolerável, a pressão psicológica passa a se manifestar. Se até então a cobrança era sadia e uma forma de incentivo, passa a ser algo causa altos níveis de stress.

Como a pressão psicológica acontece?

Nos relacionamentos, a pressão pode acontecer por diversas causas, desde desconfiança e ciúmes, como exigências de companhia ou cumprimento de atividades que nem sempre são agradáveis para os dois. Algumas vezes, o parceiro também deposita no outro toda a responsabilidade pela sua felicidade e bem-estar, e isso não é nada saudável. Como uma tarefa desse tamanho e desse peso, é normal se sentir pressionado. 

No trabalho, a busca pelo cumprimento de metas, exigências de chefes, alto volume de trabalho ou busca por maior rendimento geram muita pressão nos funcionários. Saber administrar essa situação é algo muitas vezes difícil, e que exige experiência e treinamento. Para isso, a ajuda de um psicólogo, em sessão de terapia, pode ser bem eficiente. Além de ser um momento de desabafos e descarga das emoções, a terapia pode oferecer o conhecimento necessário para lidar com essa pressão. 

Quando a pressão, seja ela em casa ou fora dela, passa dos limites, a qualidade de vida diminui drasticamente. É comum que altos níveis de stresse se prolonguem por semanas ou meses. Problemas físicos e emocionais também começam a aparecer, pois são uma resposta do organismo que está em uma batalha pelo restabelecimento do equilíbrio. 

Com os níveis de cortisol muito altos, aumenta-se o depósito de gordura abdominal. Além disso, o hormônio também contribui para a hipertensão, diabetes, depressão e ansiedade.

Acabando com os problemas da pressão psicológica

Os problemas derivados da pressão psicológica variam muito de pessoa para pessoa, pois, afinal, o que causa as complicações não são as cobranças em si, mas sim o quanto cada um se preocupa com elas. Por isso, duas pessoas vivendo a mesma situação de pressão com um chefe, podem desenvolver níveis bem diferentes de stresse, por exemplo.

É fundamental tomar cuidado com as cobranças excessivas. O desânimo e falta de força para cumprir as tarefas estipuladas geram ainda mais decepção. Também é preciso definir prioridades, negociar e aprender a dizer não para as situações que estão além do seu alcance. 

Para quem está sofrendo com a pressão, o mais importante é buscar ajuda. Esse auxílio pode vir de familiares e amigos, que entendam a situação e ajudem quem está sofrendo a lidar com ela. Outra opção são grupos de apoio com pessoas que passam por situações semelhantes e podem dividir suas angústias, medos e outras sensações em reuniões periódicas. 

Além desse, é essencial procurar um psicólogo antes que a pressão se desenvolva em uma doença mais grave. O psicólogo é o profissional capacitado para lidar com essas situações e ajudar quem está sofrendo a aprender como se portar diante das situações de pressão, combater o stress e se desligar das preocupações. A terapia também ajuda o paciente a adquirir o autoconhecimento e segurança necessários para acabar de vez com as situações que o desagradam.

Veja neste vídeo 2 técnicas para você lidar com a pressão no trabalho:


Fonte: psicologosberrini.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!