Ultimas

Rinofima - Doença Que Torna o Nariz Inchado e Bulboso

É uma condição que acomete o nariz, tornando-o inchado e bulboso. A condição também é conhecida como elefantíase nasal e é geralmente o resultado de um aumento desproporcional do tecido conjuntivo. O termo rinofima vem do grego, sendo que rhis significa nariz e phyma significa crescimento. Podendo ser dividida basicamente em quatro tipos, esta condição foi muito tempo relacionada ao consumo exagerado de bebidas alcóolicas. Hoje em dia, no entanto, sabe-se que ela acomete tanto alcoólatras como não alcoólatras, podendo ter como causa uma série de fatores.

As quatro formas mais comuns da doença são: glandular, fibrosa, fibroangiomatosa e actínica. A primeira forma, a glandular, gera uma expansão assimétrica no nariz, deixando-o com tamanhos variados. Já a fibrosa provoca hiperplasia difusa tanto das glândulas sebáceas como do tecido conjuntivo. A forma fibrioangiomatosa deixa o nariz aumentado e com uma coloração avermelhada. Por fim, a actínica provoca o surgimento de massas nodulares, deixando o nariz com aspecto bem distorcido.

Como se adquire

Há um tempo, acreditava-se que o rinofima estava relacionado somente ao consumo exagerado de bebidas alcoólicas. Hoje em dia, sabe-se que a condição pode afetar tanto alcoólatras como não alcoólatras.

Mais frequente entre o sexo masculino do que entre o sexo feminino, especialmente em indivíduos de meia-idade, o rinofima pode ser ocasionado por estresse e pelo consumo exagerado de café ou de álcool, por exemplo. A elefantíase nasal, como também é conhecida a condição, é um estágio adiantado de acne rosácea e provoca consideráveis alterações histológicas na pele presente no nariz.

Sintomas

Apesar de poder ser basicamente dividido em quatro tipos diferentes, o rinofima dá aos indivíduos um aspecto bem singular. O nariz fica disforme e com massas lobuladas de coloração rósea. Sobre a região ocorre dilatação vascular e as glândulas sebáceas ficam hipertrofiadas e hiperplasiadas, principalmente na ponta do nariz.

O incômodo estético é grande, pois o nariz fica consideravelmente inchado e disforme. Geralmente, diante dos primeiros sintomas as pessoas já procuram por ajuda médica, com o intuito de interromper e de reverter a condição. É necessário ter atenção, pois em alguns casos pode haver progressão para uma malignização, como carcinoma basocelular.

Diagnóstico

Diante dos sintomas e do aspecto do nariz o médico frequentemente chega a um diagnóstico. Este é geralmente apenas clínico, já que as deformações são bastante características.

Fazer perguntas ao paciente também pode ser necessário, de forma a investigar o histórico de vida do mesmo. Em casos mais complicados o diagnóstico pode ainda envolver biopsia para posterior análise da pele acometida. É preciso ter certeza do caso para que o tratamento seja o mais efetivo possível, além disto, algumas vezes a condição pode progredir para uma malignização, portanto, não hesite em procurar pela ajuda de um profissional.

Como é feito o tratamento

É sempre necessário tratar um rinofima, pois, a condição deixa o nariz com um aspecto disforme e inchado, além de gerar outros transtornos histológicos. O tratamento mais conhecido e mais indicado é uma cirurgia para remodelação do nariz, podendo estar ser realizada tanto através de laser, como de bisturi ou escova rotativa, via dermoabrasão.

O tratamento cirúrgico envolve a retirada parcial ou por completa do tecido acometido. Apesar de a condição poder ser devidamente revertida com esta alternativa cirúrgica, recidivas são uma realidade, devendo o paciente ficar longe dos fatores que influem nesta direção.
Outra alternativa de tratamento é o uso de fármacos específicos para acne. No entanto, não são todos os indivíduos que respondem bem a esta medida, assim como ela não pode ser uma opção em todos os casos, como de rinofima mais graves.

Como prevenir

Conforme mencionamos acima, apesar de haver tratamento o rinofima pode voltar, mesmo quando a pele é retirada via cirurgia e o nariz é remodelado. Algumas medidas preventivas podem ser tomadas de forma a auxiliar o tratamento e dificultar o ressurgimento da condição, sendo que aqui destacaremos cinco delas.

O primeiro passo é evitar situações de estresse, pois frequentemente este é um fator desencadeante. Outra medida muito importante é cortar ou ao menos diminuir consideravelmente o consumo de bebidas alcoólicas. Também é fundamental destacarmos que o consumo de café deve ser mais controlado, assim como de alimentos condimentados. Ter atenção ao surgimento de acnes é primordial, sendo que esta condição também necessita de um devido tratamento, especialmente em indivíduos predispostos ao rinofima.

Além destas medidas preventivas, vale a pena também lembrar que todos devem consultar um médico periodicamente e realizar os exames de rotina. Desta forma o corpo fica bem monitorado e o organismo mais protegido de uma série de condições. A grande maioria das doenças pode ser melhor tratada quando precocemente detectada. Portanto, não hesite em procurar por ajuda. É no mesmo sentido importante nunca tomar nenhuma espécie de medicamentos sem indicação médica, pois somente um profissional sabe dizer o que é melhor para cada caso.

Assista no vídeo abaixo o antes e depois de um paciente após o tratamento da rinofima:

Fonte: saudemedicina.com
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!