Ultimas

Carbúnculo - Doença Infecciosa Que Afeta Animais e Humanos

O carbúnculo ou antraz é uma doença infecciosa aguda espalhada por todo o mundo, embora seja mais típica das regiões agrícolas da Ásia, África e América Latina. Além dos seres humanos, o antraz também pode afetar herbívoros, selvagens ou domésticos. Essas infecções são raras, mas às vezes ocorrem em animais domésticos ou selvagens como vacas, cabras, ovelhas, camelos, antílopes etc. No Brasil não existem registros de casos da doença em humanos. O nome da doença vem do grego, anthrax, que quer dizer carvão e faz referência à mancha negra que a doença forma na pele.

Quais são as causas do antraz?

O antraz é uma infecção provocada pela bactéria Bacillus antracis. Os casos humanos devem-se normalmente à exposição à carne ou pele de animais infectados. As vítimas geralmente têm profissões relacionadas com a manipulação de animais ou de produtos derivados. O bacilo causador da infecção por antraz não é contagioso, sendo pouco provável que se espalhe de uma pessoa para outra. A infecção quase sempre se dá por exposição a esporos, os quais podem entrar no corpo humano através dos intestinos, pulmões ou pele.

Quais são os principais sinais e sintomas do antraz?

A infecção pulmonar do antraz a princípio provoca sintomas semelhantes a uma gripe, seguidos de problemas respiratórios graves, por vezes fatais. A infecção por inalação é a mais mortal delas, com uma taxa de letalidade de aproximadamente 100%. Ela provoca pneumonia, febre alta e dificuldades respiratórias.

A infecção gastrointestinal causa sérias dificuldades gastrointestinais, febre, vômitos sanguíneos e diarreia. Se não for tratada leva à morte em cerca de 25% a 60% dos casos.
A infecção cutânea, que corresponde a 95% dos casos, causa a morte em 20% deles e se manifesta como uma infecção com pus, semelhante ao furúnculo, formando posteriormente uma mancha negra irritante, mas indolor.

Como o médico diagnostica o antraz?

O diagnóstico é feito por meio dos sinais e sintomas que a pessoa apresenta, por exames de sangue e pela análise de secreções respiratórias ou da pele.

Como o médico trata o antraz?

O tratamento para as infecções pelo antraz inclui doses elevadas de antibióticos. Cada uma das formas da doença responde melhor a determinados antibióticos. Quanto mais cedo for tratada, menores as chances de haver complicações e óbito.

Como evolui o antraz?

Em sua forma mais virulenta o antraz é altamente letal. A infecção cutânea é a menos mortal de todas. O tratamento adequado e em tempo hábil reduz o risco de morte do paciente.

Como prevenir o antraz?

A melhor forma de prevenir a doença é evitar contato com animais que possam estar doentes e com suas carcaças. A vacina contra o antraz não contém a bactéria viva e consegue prevenir a doença em 93% dos casos, mas é de uso quase restrito ao exército americano em virtude de suas complicações e efeitos colaterais.

Curiosidades sobre a infecção por antraz

Alguns historiadores acreditam que uma das pragas que atingiram o Egito, descritas no Velho Testamento, tenha sido o antraz. Devido a sua alta virulência, o Bacillus antracis tem sido usado em ataques bélicos e em atentados e por isso alguns exércitos vacinam preventivamente seus soldados antes de partirem para guerras nas quais um ataque biológico possa ocorrer.

Veja neste vídeo a infestação do antraz na Sibéria desde 1941 até agora:

Fonte: abc.med.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!