Ultimas

8 Problemas Comuns Que Podem Ser Sinal de Ansiedade

A ansiedade é um processo físico e mental ativado em situações de medo, receio diante do desconhecido e em momentos de tensão emocional. Ela pode ser normal ou patológica – quando se torna uma doença e passa a afetar nas atividades do dia a dia, denominada de Transtorno da Ansiedade Generalizada (TAG).

Quando a ansiedade, que atualmente é considerada o mal do século, se transforma em uma preocupação excessiva ou expectativa apreensiva ela costuma apresentar alguns sintomas, como: falta de ar, insônia e dor de cabeça. Abaixo listamos outros problemas comuns que podem ser sinal da doença. Confira:

1 – Insônia

Um dos principais sintomas de uma pessoa que tem transtorno de ansiedade é não sentir sono durante a noite, ou acordar constantemente ao longo da madrugada. Isso acontece porque a mente fica agitada refletindo sobre milhões de coisas. A ansiedade pode piorar a insônia, e ficar sem dormir direito também pode agravar o transtorno.

2 – Falta de ar

Estudiosos afirmam que existe uma relação entre as pessoas que sofrem com transtornos de ansiedade e a asma. Os asmáticos também têm probabilidade maior de sofrer ataque de pânico. Além disso, também pode existir um vínculo entre ansiedade, asma e seus efeitos sobre o equilíbrio. A impressão que dá para muitas pessoas que sofrem com esse transtorno é que não importa a quantidade de ar que inalam, pois nunca será o suficiente.

3 – Síndrome do Intestino Irritável (SII)

Essa síndrome é um distúrbio intestinal que causa dor na barriga, gases, diarreia e constipação. Em alguns casos as pessoas também sentem cólicas diariamente. Esse também é um dos sintomas que podem estar ligados à ansiedade. A doença pode exacerbar os sintomas da SII que, por sua vez, pode tornar a vida muito mais aflita.

4 – Memória falha

A ansiedade pode afetar áreas do cérebro que influenciam a memória de longo e curto prazo, resultando em desequilíbrio. Além disso, a doença pode ativar continuamente o sistema nervoso, que influencia outros sistemas do corpo, desencadeando reações físicas, desgaste corporal, fadiga e outros sintomas.

5 – Dor de cabeça

Os cientistas ainda não chegaram a uma conclusão exata sobre a relação da ansiedade e dor de cabeça. Até então o que se sabe é que a dor está ligada ao transtorno, deixando as pessoas mais aflitas. Porém, se a doença for diagnosticada a tempo, a medicação pode ajudar a reduzir os sintomas.

6 – Tensão muscular

A ansiedade pode provocar tensão muscular, pois o corpo fica mais rígido e isso pode provocar dores de cabeça, ombros enrijecidos, dor na nuca e até enxaquecas. Pessoas com o transtorno são mais propensas a sofrerem problemas musculoesqueléticos crônicos.

7 – Mudança na pele

Suor frio é um sinal de extrema ansiedade e acontece devido a uma mudança no fluxo sanguíneo. Quando uma pessoa sofre com essa doença, o sistema “lutar ou fugir” do corpo manda mais sangue aos músculos – uma reação útil quando existe necessidade imediata de usá-los. Mas uma exposição de longo prazo a essa reação pode acelerar o envelhecimento da pele. A ansiedade também pode desencadear transpiração elevada e também inflamação cutânea.

8 – Falta de concentração

Pessoas ansiosas têm dificuldade em se concentrarem e manter o foco, mesmo em pequenas tarefas. Em alguns casos, o transtorno pode fazer com que o indivíduo perca o interesse em coisas comuns e importantes, como o trabalho.

No vídeo a seguir você vai poder comprovar quando a ansiedade assume o controle:

Fontes: mentalfloss.com / dicasdemulher.com.br / fatosdesconhecidos.com.br

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!