Ultimas

Os 10 Recordistas Mais Incríveis do Mundo Animal

Correr a uma velocidade recorde, saltar alturas incríveis, mergulhar com estilo...As proezas "olímpicas" não são exclusividade dos humanos.

1. Guepardo, o mais rápido

Correr a uma velocidade recorde, saltar alturas incríveis, mergulhar com estilo...As proezas "olímpicas" não são exclusividade dos humanos.  Começando com as provas de pista, quem leva o ouro na corrida é o Guepardo, o animal terrestre mais veloz do mundo. O felino pode chegar aos 115 km/h em poucos segundos, velocidade duas vezes e meia maior que o recorde de Usain Bolt. A espécie, comum das savanas africanas, está ameaçada de extinção, pelo desmatamento e caça ilegal.

2. Formiga bulldog: todo cuidado é pouco
A formiga mais perigosa do mundo é a formiga bulldog (pyriformis Myrmecia) encontrada em regiões costeiras da Austrália. Ela ganhou esse nome por causa de sua ferocidade e determinação. Durante um ataque, ela usa simultaneamente seu aguilhão e mandíbulas. É extremamente agressiva e pica com rapidez e inúmeras vezes, injetando mais veneno a cada mordida. Há registros de pelo menos três mortes humanas desde 1936, a mais recente foi de um agricultor em 1988.

 3. Musaranho-pigmeu, o menor mamífero terrestre
  
Com filhotes que nascem do tamanho de uma abelha, o musaranho-pigmeu é o menor mamífero terrestre conhecido no mundo. Encontrado em campos, florestas e vales da Europa mediterrânea e também na África, esse roedor tem apenas 52 mm de comprimento, uma cauda de 30 mm e dentes afiadíssimos (30 ao todo). Apesar de pequeno, é valente e agressivo, "exalando" um cheiro forte para se proteger de predadores. Se exposto muito tempo ao sol, pode morrer. Por isso, o musaranho-pigmeu escolhe pedras, raízes e lugares sombreados para se abrigar. 

4. Besouro rinoceronte: um peso pesado
  
Um dos animais mais fortes no mundo é o besouro rinoceronte, nome dado a várias espécies de besouros da família dos Scarabaeidae. Esse pequeno ser de 13 centímetros é capaz de suportar cargas com volume de até 30 vezes a massa de seu corpo.  A título de comparação, o maior peso individual levantado por um ser humano em uma competição olímpica foi de 263,5 kg - na ocasião dos jogos de Atenas, em 2004, o halterofilista iraniano Hossein Rezazadeh ergueu um volume equivalente a 1,5 vezes seu próprio peso. 

5. Uma cigarra que salta 400x seu tamanho
  
Imagine um atleta saltar 200 metros ou um prédio de 50 andares, absurdo, não? Esse “milagre” é alcançado por um minúsculo inseto de seis milímetros de comprimento, a Philaenus spumarius, também conhecida como cigarra da espuma. Ela é capaz de saltar 400 vezes seu tamanho, usando as patas traseiras com efeito semelhante a uma catapulta.  
6. Lebre europeia: o boxeador
  
No mundo das lebres europeias (Lepus europaeus), o que está em jogo não é uma medalha de ouro, mas algo fundamental para a perpetuação da espécie: a chance de conquistar a fêmea e casalar. Como num ringue de boxe, os machos erguem-se sobre as pata traseiras e com as dianteiras livres golpeiam o adversário. Por sua vez, as fêmeas escolhem os mais ágeis e fortes no combate. 

7. Falcão peregrino: o melhor do mergulho (no céu)
  
O Falcão Peregrino (Falco peregrinus) é uma das mais rápidas espécies no mundo. Num mergulho em busca da sua presa durante uma caçada no ar, essa ave de rapina pode alcançar velocidades de até 320 km/h. O choque que a presa leva ao ser atingida em pleno voo pelas garras do peregrino é tão forte que morre instantaneamente. Encontrada em todo o mundo, exceto na Antártida, esta espécie está listada Vermelha de Animais Ameaçados da IUCN.
  
8. Camaleão Brookesia micra
  
Um centímetro do nariz até a ponta da cauda. Esse é comprimento da Brookesia micra, encontrado em Madagascar, uma das quatros menores espécies de camaleão já catalogadas. O tamanho do animal não ultrapassa uma unha humana. Como os demais camaleões, ele preserva a capacidade de se camuflar entre folhas e gravetos e alimenta-se principalmente de pequenos insetos, como aranhas e grilos.

9. Maratona é com a gaivota do Ártico
  
Se a gaivota do Ártico (Sterna paradisaea) fosse um passageiro de avião, ela estaria na categoria mais elevada de programas de milhagens. No mundo animal, elas carregam a fama de realizarem a mais longa rota de migração conhecida: mais de 400 mil km entre ida e volta do Ártico para a Antártica.
 
 10. Iguana de Galápagos: líder em triátlon
  
Obviamente, você não vai ver essa espécie montando uma bicicleta, mas a iguana marinha de Galápagos é o único lagarto do mundo a emendar corrida na terra com nado nas ondas do mar. Todo esse esforço tem como único propósito conseguir comida, no caso, algas marinhas. Os adultos chegam a ficar submersos por 30 minutos a profundidades de 20 metros. Depois de se alimentar, eles tomam banho de sol para se aquecer. A espécie está listada como vulnerável pela IUCNFonte: exame.abril.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!