Ultimas

Queda de Cabelo Pode Está Ralacionada à Distúrbios Emocionais

A queda de cabelo pode ser causada por diversas questões, entre elas, a má alimentação e o estresse. Descubra quando se preocupar com o problema!

Os motivos pela queda capilar em mulheres são diversos e, entre os mais comuns, estão: mudanças hormonais, genética, anemia, doenças sistêmicas e estresse psicológico. A perda de até 100 fios de cabelo por dia é considerada normal, porém, quando mais de 200 fios caem, há quem perceba uma diminuição de volume e falhas em algumas áreas do couro cabeludo.

Fique de olho!


Falta de nutrientes: a deficiência de substâncias importantes para a manutenção do organismo pode enfraquecer a saúde capilar. Aposte em alimentos ricos em ferro, vitaminas, silício e zinco.

Estresse e ansiedade: “Fatores emocionais que estimulam queda de cabelo estão se tornando cada vez mais frequentes nos diagnósticos médicos. Pode acontecer por estresse e também como resultado de alguma alteração psíquica repentina, ou ainda, por um trauma que venha seguido por depressão profunda”, explica o psicanalista Paulo Miguel Velasco.

(Psicanalista Paulo Velasco - Contatos: paulo.velasco.psi@gmail.com)

Uso de produtos químicos: os alisantes, desfrisantes e permanentes podem agredir as madeixas, resultando na queda dos fios. Por isso, é sempre importante ir a um profissional de confiança para realizar processos com substâncias fortes.

Anemia: caracterizada pela deficiência de ferro e/ou ferritina no organismo, a doença dificulta a circulação de sangue e nutrientes nos folículos capilares, promovendo o enfraquecimento e queda do fio. 

Infecção por fungos: Geralmente ocorrem no couro cabeludo, deixando a região descamativa e sensível.

Pós-parto: o fato de os hormônios estarem desregulados e o estresse provocam uma maior queda capilar.

Medicamentos e fatores genéticos: reação ao uso de alguns remédios e até mesmo fatores genéticos também podem influenciar na queda de cabelo.

Quando se preocupar com a queda de cabelo?

A perda de 100 fios por dia, em média, é considerada normal. “Mas, se eles caírem excessivamente por mais de dois a três meses, é preciso procurar um médico dermatologista para avaliar as possíveis causas. É necessário ficar alerta quando os fios caem rapidamente e começam a afinar, se há diminuição de volume e presença de falhas ou rarefação capilar em algumas áreas do couro cabeludo”, afirma a profissional.

Veja no vídeo abaixo as informações médicas sobre a queda de cabelo provocada pelo estresse:

Fonte: altoastral.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!