Ultimas

4 Animais Que Matam Seus Parceiros Após o Acasalamento

O assassinato de parceiros após o acasalamento e o canibalismo sexual é bastante comum em espécies de insetos, aranhas e escorpiões e, na maioria das vezes, a fêmea é quem mata e come o macho, uma vez que é maior e mais corpulenta do que ele.

As razões pelas quais o comportamento é adotado ainda não são completamente compreendidas pela ciência, mas uma das hipóteses é que as fêmeas, por desconsiderarem o macho como parceiro depois do acasalamento, os encaram como fonte extra de alimentos para seus ovos fecundados.

Animais que matam os parceiros após o acasalamento

1 - Viúva negra: 

A espécie de aranha provavelmente é a mais conhecida entre os animais que praticam o canibalismo sexual, inclusive por seu sugestivo nome. Durante o acasalamento, o membro sexual do macho se rompe pela rápida movimentação da fêmea, fazendo com que ele morra de hemorragia. A viúva negra então come o parceiro para repor as energias gastas na cópula.

2 - Abelha: 

O zangão, macho da espécie, morre depois de fecundar a abelha rainha porque seu pênis simplesmente explode durante a cópula.

3 - Xarrocos: 

A espécie de peixe, também conhecida como anglerfish, é outro tipo de animal que morre após o acasalamento. A fêmea atrai o macho e oferece sua barriga para uma mordida, fazendo com que ele, então, se transforme em um parasita que vive do sangue da parceira e como um fornecedor exclusivo de espermatozoides. Após a fecundação, o macho é eliminado pela fêmea e morre.

4 - Louva-a-Deus: 

Comum em ambiente tropical e subtropical, o inseto é outro conhecido animal que comete o canibalismo sexual. Durante o acasalamento, a fêmea devora a cabeça do macho, levando-o à morte. Uma das hipóteses do comportamento é que o ato contribuiria para um aumento na liberação de espermatozoides, favorecendo a fecundação.
Fonte: vix.com
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!