Ultimas

Hipocondria - Mania de Doença

A hipocondria tem se tornado particularmente um problema na era da Internet, onde existe acesso a informações a respeito de praticamente todas as doenças (das mais comuns às mais raras e fatais). 

Os indivíduos que já sofrem de algum tipo de ansiedade, por exemplo, podem descobrir que seus sintomas são idênticos a doenças como:
  • Esclerose Múltipla
  • Doença de Lyme
  • Problemas cardíacos
  • Tumores cerebrais
É muito comum pesquisar sintomas de ansiedade e se deparar com inúmeras outras doenças, apesar dela ser a causa mais provável. Dentre elas está a hipocondria, uma condição muito difícil de lidar e que é amplamente incompreendida – até mesmo por quem sofre dela.

O que é hipocondria

A hipocondria é muitas vezes caracterizada por medos irracionais de estar doente ou morrendo, obsessões pelos mínimos sintomas físicos, a dúvida e a descrença no diagnóstico médico, constante autoexame e diagnóstico e pelo excesso de preocupação sobre a própria saúde.

Pessoas com hipocondria são obcecadas com suas funções corporais e interpretam sensações naturais (tais como batimentos cardíacos, suores, movimentos gastrointestinais entre outros) ou mínimas alterações (coriza, dores ou ínguas) como sintomas de complicações médicas graves. Os hipocondríacos muitas vezes necessitam de constante reafirmação de vários médicos, familiares e amigos.

A hipocondria é frequentemente associada por psicólogos e psiquiatras ao transtorno obsessivo compulsivo (TOC). Em sua forma mais grave, o hipocondríaco pula de consulta em consulta médica, procurando pelo profissional que irá confirmar a suspeita da sua “doença”.

É preciso destacar que a hipocondria não deve nunca ser confundida com exagero intencional, falsidade proposital ou fingimento.

Sintomas de hipocondria

  • Sensação de ser portador de uma doença grave;
  • Medo persistente, mesmo após inúmeras reafirmações médicas;
  • Interpretação errônea dos sintomas;
  • Ler sobre alguma condição médica e passar a sentir seus sintomas;
  • Sentir desconfortos físicos inexplicáveis;
  • Ter medo de doenças que não apresentam sintomas.

Consequências da hipocondria

Se não tratado devidamente por especialistas, a hipocondria pode desencadear inúmeros problemas, tais como:
  • Ataques de pânico;
  • Depressão;
  • Medo da morte iminente;
  • Perda do apetite;
  • Perda da libido;
  • Aumento da autopercepção;
  • Perda de motivação;
  • Dormência em certas partes do corpo;
  • Fadiga crônica.

Tratamento para hipocondria

Para aprender a lidar e eliminar a hipocondria, a melhor saída é procurar um profissional da saúde. Consultar um psicólogo experiente, que eventualmente pode trabalhar em conjunto com um médico, pode ser uma boa alternativa. Embora os transtornos de ansiedade possam afetar a vida de um paciente de muitas maneiras, a hipocondria pode literalmente tomar conta da vida de uma pessoa, roubando-a qualquer sentimento positivo.

Dicas para amenizar a hipocondria

A dica principal, evidentemente, é procurar um profissional da saúde. Mas as duas dicas abaixo podem ser um começo:
  • Mantenha-se ocupado – quanto menos tempo livre você tiver para prestar atenção em seu próprio corpo, mais chances você tem de prevenir a ansiedade.
  • Pare de procurar seus sintomas no Google – ao invés disso, pesquise informações sobre ansiedade e hipocondria.
Fonte: psicologosberrini.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!