Ultimas

Lentes de Contato Dental - Quais as Vantagens e Restrições Deste Procedimento?

Com o auxílio de produtos odontológicos consolidados, é possível mudar para melhor o sorriso dos pacientes.
O desejo de exibir dentes brancos e bonitos ao sorrir tem levado muita gente aos consultórios dos dentistas em busca de produtos odontológicos que permitem uma resolução estética eficiente e de longa duração. As chamadas lentes de contato dental podem corrigir desde a cor até o formato dos dentes e tem se popularizado nos últimos anos.
De acordo com a Sociedade Brasileira de Odontologia Estética (SBOE), o procedimento cresceu 300% entre 2014 e 2015. O interesse pelos dentes perfeitos é maior do que pelos tradicionais implantes de silicone para os seios das mulheres!
Entre os motivos para tanto sucesso, famosos como o apresentador Gugu Liberato, a atriz Flávia Alessandra, o cantor Belo e a influenciadora Gabriela Pugliesi assumem que contaram com a ajuda do método para aperfeiçoar a dentição. Além disso, devido a onda das selfies e das curtidas nas redes sociais, todo mundo prefere se exibir com seu melhor sorriso. 
Por ser um dos tratamentos mais avançados na estética bucal, com resultado rápido e natural, as lentes de contato para os dentes chamam a atenção por onde passam. No entanto, para tomar a decisão de colocá-las, é preciso conhecer tudo sobre esse método e, o mais importante, conversar com um dentista especializado para avaliar se a colocação é adequada para o seu caso.
O que é?
Essa técnica de transformação e aprimoramento do sorriso não passa da colocação de finos laminados de porcelana sobre os dentes, com menos de 0,5 milímetros de espessura, que não precisam ser desgastados para isso (no caso de desgaste, é preciso usar uma broca e o implante é chamado de faceta). Cada lente é confeccionada artesanalmente ou com produtos odontológicos como impressora 3D. Trata-se de uma estrutura definitiva e exige manutenção para que a cor e a aparência se mantenham por mais tempo.
Como é o procedimento?
Antes de aplicar as lâminas sobre o esmalte dos dentes com uma resina especial, são necessárias várias etapas. Antes de tudo, o paciente passa por uma entrevista para que o profissional possa compreender suas motivações e expectativas. Se houver a indicação de colocar as lentes, é preciso fazer exames clínicos e uma fotografia da dentição para que o dentista faça uma série de cálculos e analises a fim de definir o padrão de cada laminado. Depois, é feito um molde para que os últimos ajustes sejam testados antes da confecção e aplicação das lentes permanentes. 

Quem pode usar?
A princípio, pacientes que apresentam mordida errada ou bruxismo severo não estão aptos a realizar o procedimento. Para os demais, não hás restrições, mas é essencial que o paciente esclareça o resultado desejado para o dentista. A lente dental não é indicada caso o objetivo seja um clareamento brusco, pois a cor do dente natural e da cola podem influenciar na coloração final. Além disso, na maioria das vezes o tratamento não precisa ser feito em toda a boca, pois é possível melhorar a aparência da dentição aplicando o laminado em apenas um ou dois dentes.  
Quando é necessário?
Pacientes que possuem os dentes muito pequenos em relação à arcada dentária, espaços grandes entre eles ou mesmo dentes em formato inadequado são alguns dos casos altamente indicados para receber as lentes de contato dental. Esteticamente falando, a tecnologia permite fazer praticamente qualquer pessoa exibir um sorriso impecável e definitivo, e é muito positiva para pacientes que sofrem com a aparência dos dentes, pois a aplicação das lâminas melhora sua própria percepção e aumenta sua autoestima, fazendo um trabalho também psicológico. 
Quais as precauções?
Realizar o procedimento com um profissional capacitado é seguro e não apresenta riscos para o paciente. Uma vez finalizado, os cuidados recomendados são os de higiene básica: escovação ao menos três vezes ao dia e uso de fio dental. No entanto, a pasta de dente não deve ser abrasiva, à base de bicarbonato de sódio, para não danificar a porcelana e encurtar sua vida útil. Fique de olho na saúde da sua gengiva, evitando sangramentos e inchaços como a periodontite. Alguns hábitos devem ser revistos: fumar, roer unhas, mascar chicletes e beber muito café são erros que podem, aos poucos, alterar a aparência das estruturas. Também é importante retornar o dentista uma vez por ano para avaliar as lentes e realizar a manutenção corretamente. Lentes de contato dental: quais as vantagens e restrições deste procedimento?
Fonte: Q2Tec
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!