Ultimas

Trimethylaminuria - Uma Síndrome Muito Estranha

Muitos povos que sofrem da síndrome igualmente experimentam os efeitos psicológicos devido ao impacto em seu dia a dia.

Também conhecida como síndrome do odor, o trimethylaminuria é uma desordem que causa um odor forte na urina, no suor e na respiração de indivíduos afetados, similar ao cheiro dos peixes rotting.

Este odor é causado por um produto químico que o organismo produz. Contudo, os povos afetados pela síndrome do odor dos peixes não têm conhecimento do fato.

É uma desordem genética, porém alguns as pessoas só começam a observar os sintomas na idade adulta. Mais mulheres do que homens são afetados e a especulação da ciência diz que tudo isso seria resultado dos hormônios, principalmente do hormônio estrogênico e do progesterona.

Sintomas

O sintoma principal apresentado desta é o odor dos peixes, porém, outras pessoas apresentam sintomas de cheiro da galinha que vem do suor, urina e a respiração.

Muitos indivíduos que sofrem da síndrome, experimentam também, efeitos psicológicos devido ao impacto que a síndrome produz no dia a dia. A Depressão e o isolamento social são constantes, afetando a vida pessoal e as interações com outras pessoas.  

Causas da Síndrome

A causa a mais comum da síndrome do odor dos peixes é um defeito no gene FMO3, que inibe o processo de corpo para dividir o trimethylamine. Pode ser herdada de um familiar com o mesmo defeito de gene. As crianças devem ser precavidas com um teste para saber se estão afetadas.

A severidade da síndrome não é constante.  Pode mudar para melhor ou para pior durante as fases diferentes da vida. É geralmente pior durante a puberdade e também na época da menina menstruar ou também na fase menopáusica para as mulheres. Além disso, determinados alimentos estimulam à produção de trimethylamine e podem agravar a síndrome:
  • Produtos de origem animal (Leite, ovos)
  • Amendoins
  • Produtos da Soja
  • Carnes em geral, fígado e rim
  • Marisco
  • Determinados vegetais (couves-de-Bruxelas, brócolis, couve, couve-flor, ervilhas, feijões)

Diagnóstico da Síndrome

Quando a síndrome do odor dos peixes for suspeitada, devido aos sintomas de apresentados, o diagnostico é feito usando um teste que determine a relação do trimethylamine ao N-Óxido do trimethylamine no corpo. Isto ajuda a demonstrar se o corpo está convertendo a substância fétida à normal como de costume.

Atualmente não há nenhum tratamento para a cura da síndrome do odor dos peixes, mas aqueles afetados podem controlar a situação usando algumas técnicas já conhecidas. Usar um sabão ligeiramente ácido (pH 5.5-6.5) pode eficazmente remover os traços de trimethylamine da pele e do cabelo, ajudando a reduzir o odor impregnado. Seguidamente, reconhecer os alimentos que agravam a circunstância. A mudança da dieta em também pode diminuir o impacto.

É importante que os indivíduos afetados recebem ajuda de assistência físico-social durante o contágio, e ao mesmo tempo,  endereçar os pontos de pescas específicos para prevenção da síndrome supracitada.

Algumas medicações foram usadas, incluindo antibióticos e laxantes para reduzir a produção de trimethylamine no estômago. Estas medicações trazem benefícios salutares para os usuários, porém, não estão recomendadas atualmente para o uso corrente.

OBS: Esta matéria foi traduzida de sites ingleses para o português. Quaisquer discordâncias devem ser atribuídas à tradução.

Fontes: nhs.uk / ncbi.nlm.nih.gov / http://pmj.bmj.com / news-medical.net
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!