Ultimas

Afinal, Chocolate Faz Bem ou Mal Para a Saúde?

Muita gente me pergunta se o chocolate faz bem pra saúde. Será possível que algo tão gostoso também seja saudável? 

Sim, o chocolate pode ser excelente para saúde — mas isso vai depender muito do chocolate.

O chocolate é um alimento encontrado na forma pastosa, sólida e de bebida doce ou amarga, feito a partir da amêndoa torrada do cacau. A base de um chocolate de boa qualidade é o cacau, pois é nele que é encontrado os benefícios para saúde.

O cacau é rico em fitoquímicos fenólicos (polifenóis), especialmente de substâncias conhecidas como flavonoides, que são potentes antioxidantes.

Antioxidantes protegem o organismo contra os radicais livres (moléculas muito reativas que são produzidas pela oxidação biológica e danificam vários tecidos). Os compostos antioxidantes estão também presentes em uma série de alimentos que compõem a dieta do mediterrâneo, no vinho tinto e no chá verde. Todos estes alimentos são associados a um menor risco de várias doenças, incluindo diabetes e doença cardíaca.

Valor Nutritivo

O chocolate amargo é um alimento muito nutritivo. Contém proteínas, gorduras, cálcio, magnésio, ferro, zinco, caroteno, vitaminas E, B1, B2, B3, B6, B12 e C. O cacau possui propriedades antioxidantes, flavonoides e cafeína. Além disso, contém dois aminoácidos: fenilalanina e tirosina (substâncias responsáveis pela felicidade natural).

Benefícios do Chocolate Amargo

Com base em pesquisas recentes, foi comprovado que o chocolate amargo promove uma série de benefícios à nossa saúde. Esses benefícios foram constatados com a ingestão de chocolate amargo, consumindo-se de 30 a 40 gramas diárias:
  • Protege o organismo contra o envelhecimento e o aparecimento de doenças cardiovasculares
  • Ajuda a prevenir o diabete tipo 2
  • Reforça as defesas do organismo
  • Auxilia no controle do apetite
  • Controla a hipertensão arterial
  • Proporciona sensação de bem-estar e mantém o bom-humor
  • Possui cafeína e teobromina, que melhora a memória e agiliza o raciocínio
  • Beneficia o sistema circulatório
Se o chocolate for consumido em excesso (acima de 100 gramas diárias), ele pode causar alguns problemas: acne, desarranjo intestinal e aumento do peso.

Tipos de Chocolate

Branco

Não tem cacau e tem mais açúcar e gordura. O chocolate branco é feito com manteiga de cacau, leite, açúcar e lecitina, podendo ser acrescentados aromas como o de baunilha. Muitos não o consideram digno de ser classificado como chocolate. Isso porque as sementes de cacau não fazem parte da fórmula desse alimento.

Ao Leite

É o mais comum e tem alguma quantidade de cacau, leite e açúcar. O chocolate ao leite ou chocolate de leite leva na sua confecção licor, manteiga de cacau, açúcar, leite, leite em pó ou leite condensado. As normas européias estabelecem um mínimo de 25% de cacau. Porém, aqui no Brasil, essa porcentagem de cacau pode ser ainda menor.

Meio Amargo

É o que tem 40 a 55% de cacau, pouca quantidade de manteiga de cacau e açúcar. O chocolate meio amargo é feito com os grãos de cacau torrados, pouco açúcar e sem adição de leite. Algumas versões permitem a utilização como base para sobremesas, bolos e bolachas.

Amargo

É o que tem mais cacau, entre 60 a 85%, e menos açúcar e não contém leite. Possui altas concentrações de flavonoides, apresentando o dobro da capacidade antioxidante do chocolate ao leite. As principais gorduras presentes no chocolate amargo são o ácido oleico, que é uma gordura monoinsaturada e, também encontrada no óleo de oliva,o ácido esteárico o ácido palmítico e o ácido oleico.

Ou seja, quanto mais cacau o chocolate tiver, mais benefícios há para a saúde. E, às vezes, a questão do sabor amargo é muito mais uma questão de treinar o paladar e se adaptar.
Fonte: belezaesaude.com
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!