Ultimas

Especialistas revelam o Que Tem Dentro da Lua

O que existe dentro da Lua? Por que que ela tem fases? Como a Lua influencia as marés? Estas são perguntas que as pessoas sempre se questionam.

Ela é o satélite natural da Terra e considerada o quinto maior satélite do Sistema Solar. A Lua possui uma força gravitacional que consegue “puxar” os oceanos em sua direção.

A fase em que a Lua é mais vista a olho nu, durante o dia, é na fase do quarto-crescente, quando 50% da superfície dela está iluminada para quem olha a Terra.

Muitas pessoas gostam de observar a Lua no alto do céu ou mesmo por meio de binóculos ou telescópios. Mas sempre que olhamos para ela, surge uma dúvida: O que tem dentro da Lua?

De acordo com o enchantedlearning, O interior da Lua é mais frio que o interior do Planeta Terra. O interior dela tem uma crosta dura, um manto rígido externo, um outro maior semi-rígido e um núcleo.
A superfície desse satélite natural é seca, rochosa e bastante empoeirada. As rochas lunares tem uma semelhança incrível com as rochas da Terra, com a diferença de que eles são ricos em elementos de titânio e alumínio.
De acordo com o professor da USP, Enos Picazzio, a superfície lunar é composta por rochas e poeira fina. Essas rochas são ricas em silicatos e possuem bastante depressões, silicatos, enrugamentos e crateras de impacto.

O especialista conta que as regiões mais escuras e planas, chamadas de mares, são ricas em basalto e não possuem água.

E se não existisse a Lua, o que aconteceria? O Discovery Channel produziu um documentário explicando o que aconteceria e como era a Terra antes da existência da Lua.

Confira o documentário:

 

Fontes: enchantedlearning.com / terra.com.br / infoescola.com / youtube.com / ultracurioso.com.br

Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!