Ultimas

Veja o Que Acontece Com o Corpo do Homem Que Faz Vasectomia?

Se você não quer mais ter filhos, ou não quer nem ter o primeiro, você tem várias opções de métodos de contracepção para lidar com isso. Além das populares camisinhas, existe uma série de opções que focam no público feminino. Procedimentos mais radicais e definitivos, que promovem a esterilização completa de mulheres podem ser complicados e caros, diferente do feito em homens.

A esterilização masculina, ou vasectomia, é um procedimento simples e rápido com praticamente 100% de eficácia. A cirurgia é feita em apenas uma hora e tem um tempo de recuperação medido em poucos dias. Depois da recuperação, a vida sexual pode ser retomada normalmente, agora sem a preocupação de gerar um filho.

É importante ter em mente que o esperma ainda pode ser liberado por um tempo depois da cirurgia. Por isso é importante realizar as checagens apropriadas depois da operação para saber quando os métodos contraceptivos podem ser eliminados de vez.

O site Cosmopolitan entrevistou três homens que passaram pelo procedimento para entender como foi viver isso na pele e revelou como cada um deles lidou com a cirurgia que definiu um marco na vida sexual de cada um deles.

Todos os três homens eram casados, já tinham de um a três filhos e fizeram a cirurgia por volta dos 20 ou 30 anos. Nos três casos, as mulheres apoiaram a decisão do marido. A principal razão, naturalmente, é não ter mais filhos, mas um deles destacou que a esposa passou por uma gravidez difícil e ele não queria que ela vivesse isso novamente.

Como a vasectomia é feita?

O cirurgião deve fazer um pequeno corte na parte superior no escroto (também chamado de saco ou bolsa escrotal), abaixo do pênis. Em seguida, vai aplicar os pontos e finalizar o procedimento. Em alguns casos, a vasectomia é feita com pequenos furos na região, ao invés de um corte, o que não exige pontos.

Os três homens relataram o procedimento como rápido e sem nenhuma dor, tanto que todos voltaram para casa rapidamente, apenas uma hora depois das cirurgias. Dois deles disseram que se recuperaram rapidamente e já foram ao trabalho no dia seguinte, enquanto um reclamou de incômodos que duraram por cerca de um dia.

De acordo com os médicos, é comum que os pacientes sintam efeitos no corpo por um dia. Exatamente por isso, esse tempo de descanso é recomendado após as cirurgias. Na maioria dos casos, os homens escolhem fazer a operação na sexta-feira para voltar normalmente ao trabalho na segunda.

O que acontece em seguida?

A primeira preocupação de quase todo mundo que passa pela cirurgia é uma só: quando vão poder retomar a vida sexual normalmente. A boa notícia é que para os casos selecionados, o tempo máximo de espera foi de dez dias, enquanto um deles conseguiu voltar à ativa com menos de uma semana.

Apesar da cirurgia, as primeiras relações ainda precisam de preservativo ou outro método de contracepção, já que alguma quantidade de esperma pode permanecer nos canais mesmo depois que eles são cortados. Geralmente, é preciso de dez a vinte ejaculações para que o corpo fique completamente livre dos espermas.

Os médicos recomendam que você faça o acompanhamento adequado para chegar os níveis de esperma antes de confiar diretamente na cirurgia. Se os resultados mostrarem que ainda há espermatozoides no sêmen, o médico pode prolongar o acompanhamento para realização de um novo teste posterior.

Existem efeitos colaterais?

A realização da vasectomia é extremamente segura e não costuma envolver complicações. Quando elas acontecem, podem incluir inchaço, dores, inflamações e infecções, mas raramente aparecem como algo sério. Ainda assim, é importante comunicar seu médico se algum sintoma aparecer.

É importante lembrar que a cirurgia não afeta níveis de testotesrona, capacidade de ereção, intensidade de orgasmos, apetite sexual ou qualquer outra parte de sua vida sexual além da fertilidade.

Mesmo que existam formas de reverter o processo, nenhum dos homens entrevistados declarou ter esse interesse, principalmente pelo efeito positivo que a operação teve em suas vidas sexuais. Um deles chegou chegou a declarar que "até gostou do estímulo psicológico que teve sabendo que pode ter sexo sem se preocupar com contracepção."

Esclareceu suas dúvidas? Entendeu mais do processo? Comente com a gente o que achou e não deixe de compartilhar a matéria para espalhar a informação para seus contatos.
Fontes: webmd.com / therichest.com / fatosdesconhecidos.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!