Ultimas

Como Desconfiar Se Sua Pressão Está Alta?

Os sintomas de pressão alta como tontura, visão embaçada, dor de cabeça e dor na nuca geralmente surgem quando a pressão está muito alta, mas o indivíduo também pode apresentar pressão alta sem apresentar nenhum sintoma.

Por isso, se desconfiar que a pressão está alta, o que se deve fazer é medir a pressão em casa ou na farmácia. Para medir a pressão corretamente é importante descansar sentado 5 minutos antes de colocar o aparelho para medir.

Sintomas que podem indicar que a pressão está alta

Os sintomas que podem indicar que a pressão está muito alta podem ser:
  1. Enjoo;
  2. Dor de cabeça;
  3. Dor na nuca;
  4. Sonolência;
  5. Zumbido no ouvido;
  6. Pequenos pontos de sangue nos olhos;
  7. Visão dupla;
  8. Dificuldade para respirar;
  9. Palpitações cardíacas.
Estes sintomas de pressão alta geralmente, surgem quando a pressão está muito alta e, neste caso, o que se deve fazer é ir ao pronto-socorro imediatamente ou tomar o remédio receitado pelo cardiologista, imediatamente.

Apesar da pressão alta ser uma doença silenciosa, ela pode provocar problemas de saúde graves, como insuficiência cardíaca, AVC ou perda de visão e, por isso, é indicado verificar a pressão arterial pelo menos 1 vez por ano.

O que fazer numa crise de pressão alta

Quando a pressão sobe repentinamente, e surgem sintomas como é dor de cabeça especialmente na nuca, sonolência, dificuldade para respirar e visão dupla é importante tomar os remédios receitados pelo médico e repousar, tentando relaxar. Porém, caso a pressão alta se mantenha superior a 140/90 mmHg após uma hora, é indicado ir ao hospital para tomar anti-hipertensores na veia.
  • Para baixar a pressão alta que não gera sintomas:
Tomar um copo de suco de laranja feito na hora e tentar se acalmar. Após 1 hora, deve-se medir a pressão novamente e se ela ainda estiver alta, deve-se ir ao hospital.
  • Para baixar a pressão alta em caso de emergência:
Tomar os remédios receitados pelo médico e repousar, tentando relaxar. Porém, caso a pressão alta se mantenha superior a 140/90 mmHg após uma hora, é indicado ir ao hospital para tomar anti-hipertensores na veia.

Assista no vídeo a seguir algumas dicas para controlar a pressão alta:

Sintomas de pressão alta na gravidez

Os sintomas de pressão alta na gravidez também podem incluir fortes dores abdominais e pernas e pés muito inchados, principalmente no final da gestação. Neste caso, deve-se consultar o obstetra o mais rápido possível para iniciar o tratamento adequado e prevenir complicações graves, como eclâmpsia, que pode prejudicar o bebê.

Veja como adequar a alimentação para pressão alta:

Os alimentos mais indicados para baixar a pressão alta são:


  1. Todas as frutas frescas;
  2. Queijos sem sal;
  3. Azeite de oliva;
  4. Água de coco;
  5. Cereais integrais;
  6. Suco de beterraba;
  7. Ingerir no máximo 3 ovos por semana. Contabilizar também os ovos presente nas preparações culinárias, como bolos e tortas;
  8. Legumes crus e cozidos;
  9. Carnes como patinho, coxão mole, coxão duro, lagarto, alcatra, maminha; frango, peru e chester sem pele (retirar antes de cozinhar);
  10. Iogurtes light.
Uma dica super importante para quem sofre de hipertensão arterial é restringir o consumo de sal e uma boa ideia é, ao cozinhar os alimentos, utilizar uma grande variedade de especiarias e de ervas aromáticas para conferir mais sabor aos alimentos.

Alimentos desaconselhados em caso de pressão alta

Os alimentos desaconselhados em caso de pressão alta são:
  • Frituras em geral;
  • Queijos como parmesão, provolone, suíço;
  • Presunto, mortadela, salame;
  • Alimentos ricos em gordura. Veja atentamente os rótulos dos alimentos;
  • Alimentos embutidos e enlatados, como linguiça defumada, apresuntado;
  • Doces;
  • Verduras e hortaliças pré-cozidas ou em conserva;
  • Frutos secos, como amendoim e castanha de caju;
  • Molhos, como Ketchup, maionese, mostarda, shoyo;
  • Cubinhos de temperos prontos para culinária;
  • Carnes, como hambúrguer, bacon, carne seca, salsicha, charque;
  • Miúdos, patês, sardinhas, anchova, bacalhau salgado;
  • Picles, azeitona, aspargos, palmito;
  • Bebidas alcoólicas, refrigerantes, milk shake, bebidas energéticas, sucos artificiais.
Estes alimentos são ricos em gordura ou em sódio, que favorecem o acumulo de placas de gordura no interior das artérias, dificultando a passagem do sangue e consequentemente aumentando a pressão e, por isso, devem ser evitados diariamente.
Fonte: tuasaude.com  
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!