Ultimas

Você Sabia Que os Homens Também Têm Um Ponto G?

Você provavelmente já ouviu falar do ponto G feminino. Para alguns homens, e mulheres também, infelizmente, a zona erógena é um mito. 

Porém, basta uma pequenas busca pelo Google para descobrir que o famigerado ponto G feminino existe sim, e na verdade de secreto não tem nada.

Agora o que quase ninguém sabe, é que existe um ponto G no corpo masculino também. A maioria dos homens acredita que apenas o pênis é a única zona erógena, mas existe um lugar que se for estimulado pode proporcionar um prazer inigualável.

Afinal, onde fica esse botãozinho mágico?

Na próstata! Sim, isso mesmo, próstata. É por esse motivo que muitos homens preferem ignorar a existência dessa zona erógena. Para a maioria dos homens heterossexuais, a ideia de introduzir qualquer objeto ou membro no anus está completamente fora de cogitação.

Porém, algumas empresas acreditam nesse nicho e estão desenvolvendo vibradores masculinos que massageiam essa glândula, prometendo um orgasmo inigualável. “A massagem da próstata está muito mais em voga”, diz Jes Tom, do sex shop The Pleasure Chest. Ele explica que isso está crescendo principalmente entre os heterossexuais, que, por muito tempo, fugiam de qualquer estímulo desse tipo por acreditar que isso os “tornaria” gays – e não, não torna.
Confira o vídeo (em Inglês):

Uma breve INTRODUÇÃO sobre a próstata

“Como o ponto G feminino, encontrar o ponto P, de próstata, masculino requer prática e comunicação”, diz Tom. “Internamente, ele está posicionado diretamente atrás da base do pênis e tem aproximadamente o tamanho de uma moeda. Uma alternativa mais “conservadora” seria o estimular a próstata externamente por massagem no períneo, aquele espaço entre o anus e o saco escrotal.

“Há mais consciência do que nunca de que os homens têm zonas erógenas além do pênis”, diz Charlie Glickman, Ph.D., um educador sexual e autor do livroThe Ultimate Guide to Prostate Pleasure.

Orgasmos que ocorrem em conjunto com a estimulação da próstata podem resultar em sensações mais intensas e duradouras. Conhecer o próprio corpo é bom, não significa que você precisa colocar em prática.
Fontes:  mashable.com / conhecimentocientifico.r7.com / megacurioso.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!