Ultimas

As 10 Infecções Que Mais Podem Incomodar Seu Verão

Apesar de todas as vantagens, o verão também traz seus perrengues – muitos deles, infelizmente, em forma de micróbios. Além das viroses como conhecemos (que cursam com males gastrointestinais ou respiratórios), é preciso se prevenir contra outras doenças típicas dessa época, que se proliferam e atacam no calor. Conheça algumas abaixo.

1. Bicho-geográfico

A larva A. braziliense invade nosso corpo e vaga pelas camadas superficiais da pele, fazendo linhas parecidas com mapas. Isso causa coceira e irritação.
Prevenção: procure usar algum calçado na areia ou em gramados suspeitos.
Tratamento: compressas de gelo aliviam. Há casos que carecem de pomadas.

2. Dengue, zika e Chikungunya

Vírus transmitidos por picadas do mosquito Aedes aegypti são um verdadeiro tormento na época das chuvas, quando o número de acometidos se eleva.
Prevenção: elimine todos os reservatórios de água parada de sua casa.
Tratamento: os remédios  atuam contra a febre alta e as dores articulares.

3. Hepatite A

Oculto em água e alimentos sujos, o vírus se instala no fígado, muitas vezes sem dar notícia. Em situações raras, progride para uma hepatite fulminante.
Prevenção: não coma em lugares sem condições básicas de higiene.
Tratamento: fazer repouso auxilia. O Álcool deve ser abolido por três meses.

4. Micose

Os fungos tiram vantagem do tempo quente e da umidade para proliferar na pele, nas unhas e no cabelo. Nesses locais, formam manchas brancas ou vermelhas.
Prevenção: seque-se bem após o banho. Capriche nos pés, nas axilas e na virilha.
Tratamento: pomadas ou medicamentos orais dão conta do recado.

5. Conjuntivite

A membrana que recobre os olhos é atacada por vírus, bactérias ou substâncias tóxicas. Marcada por vermelhidão, inchaço e dificuldades para enxergar direito.
Prevenção: nada de compartilhar maquiagem, toalha de rosto ou óculos.
Tratamento: invista em compressas de soro fisiológico gelado.

6. Leptospirose

A bactéria Leptospira está na urina de ratos e outros animais infectados. Ela entra no organismo pela pele ou pelas mucosas. Provoca febre alta, mal-estar e fortes dores.
Prevenção: evite o contato com locais contaminados, como água de enchente.
Tratamento: antibióticos, como a penicilina, destroem o patógeno.

7. Otite

É uma inflamação de algumas das estruturas responsáveis pela audição. Fungos e bactérias são os vilões que estão por trás da encrenca.
Prevenção: seque bem o ouvido e cuidado com as hastes flexíveis.
Tratamento: analgésicos e antimicrobianos compõem o arsenal terapêutico.

8. Candidíase

O fungo Candida albicans vive normalmente na região genital, sobretudo em mulheres. Se ele se propaga demais, desperta quadros de coceira e aumento nas secreções.
Prevenção: não fique com o biquíni molhado por muitas horas.
Tratamento: um creme aplicado duas vezes ao dia reduz o incômodo.

9. Verminoses

Quem curte viajar e se aventurar pela natureza precisa ficar esperto com lombrigas, tênias, esquistossomos e outros vermes que podem levar a problemas variados.
Prevenção: lave e cozinhe bem os alimentos. Só tome água filtrada.
Tratamento: os médicos indicam remédios da classe dos vermífugos.

10. Herpes simples

Escondido por meses ou anos, esse vírus utiliza falhas no sistema imunológico para se manifestar por meio de dolorosas bolhas nos lábios ou nos genitais.
Prevenção: se já teve, controle os gatilhos, como estresse e sol forte.
Tratamento: antivirais em forma de pomada agilizam a recuperação.
Fonte: saude.abril.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!