Ultimas

Pessoas Tatuadas Recentemente Não Poderão Doar Sangue!

Muitos passam anos planejando o desenho de sua tatuagem. Outras fazem no impulso, correndo o risco de se arrepender depois. Independente da escolha, depois de feita, ela precisa de cuidados. 

Existem inúmeras dúvidas sobre o procedimento pré e pós tatuagem. Desde a higienização até o uso do papel-filme.

Alguns cuidados como higienização, limpeza frequente, uso correto das pomadas junto ao papel-filme são tarefas essenciais para se fazer depois de uma tattoo feita. Mas por que as pessoas com tatuagem não podem doar sangue? Será que essa afirmação é verídica e serve a longo prazo?

Descubra por que as pessoas com tatuagem não podem doar sangue e veja quais os riscos que ela pode trazer para outras.

A verdade é que as pessoas tatuadas podem doar sangue. Mas é vetada a doação nos primeiros doze meses após a confecção da tatuagem. Trata-se de uma precaução para evitar o risco de contaminação do sangue doado por doenças como aids e hepatite, que podem ser transmitidas pela agulha do tatuador caso as condições de assepsia não sejam respeitadas. Doze meses é o tempo considerado ideal e seguro para que a pessoa desenvolva os anticorpos que são detectados no teste de HIV, realizado após cada doação.

Se você pretende fazer tatuagem ou mais uma e estiver dentro desse período de um ano sem ter feito tattoo, doe sangue antes. No Brasil, são feitas inúmeras doações por ano, e o número ainda é considerado insuficiente. Dentre alguns fatores que excluem um voluntário da doação estão: comportamento sexual promíscuo, uso de drogas ou viagens para países com epidemias.

Vale lembrar que existem inúmeros fatores para que uma pessoa não possa doar sangue, entre eles estão: as pessoas que tiveram hepatite depois dos 10 anos de idade. Antes dessa idade, a doença não é empecilho porque provavelmente se trata de hepatite A, cujo vírus é eliminado por completo do organismo.

Pessoas que tiveram hepatite B ou C, os portadores do vírus da AIDS ou de alguma doença infecciosa transmitida pelo sangue; pessoas com diabetes que usam insulina ou anti-hipoglicemiantes por via oral; mulheres grávidas ou que estão amamentando.

Indivíduos com febre, peso abaixo de 50kg, com mais de 65 anos ou que tiveram perda inexplicada de 10% do peso em um mês; além de quem tem epilepsia ou crises de asmas; e por fim, as que tenham se submetido a grandes cirurgias, recebido transfusão, feito tatuagem ou colocado piercing há menos de um ano não podem doar sangue.

A dica é, doe sangue antes de qualquer procedimento que tenha o risco de uma contaminação que pode ser transmitida pela agulha, seja na tatuagem ou no piercing. Sendo assim, fica simples doar sangue e salvar mais vidas. Boa sorte!
Fonte: mundodastatuagens.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!