Ultimas

Estresse e Infertilidade - Como o Estresse Pode Afetar Sua Fertilidade?

Mas afinal, o que acontece quando relacionamos estresse e infertilidade? Na sociedade em que vivemos a maternidade e a paternidade sempre foram considerados papéis naturais do indivíduo. 

Por isso, quando um casal enfrenta dificuldades para engravidar é normal que se sintam angustiados, o que acaba gerando muita ansiedade e estresse.

Quando uma pessoa se dá conta de que precisará de um tratamento de reprodução assistida para conseguir aumentar sua família muitas dúvidas e inseguranças tendem a aparecer, os pacientes podem se sentir inseguros, preocupados e ansiosos. Todos esses sentimentos são normais, porém não é interessante que saiam de controle.

A relação entre o estresse e a infertilidade tem sido cada vez mais estudada. Existem numerosos fatores que podem ser ligados ao homem e/ou à mulher, o que podemos afirmar é que a ansiedade pode interferir negativamente durante o tratamento de casais que estão tentando engravidar.

Hoje em dia já se fala muito na relação entre infertilidade e estresse. Tem-se visto cada vez mais estudos realizados sobre o assunto.

Estudo

Foi realizado um estudo realizado em Michigan e no Texas, que mostrou que maiores níveis de stress (medidos através da enzima alfa amilase salivar) estão associados com maior tempo até a gravidez e maior risco de infertilidade. As mulheres com maiores taxas da enzima testada apresentaram uma taxa de fecundidade 29% menor do que as com níveis mais baixos da mesma enzima.

Foram analisados 501 casais, que estavam tentando engravidar, durante 12 meses e durante a gestação, se ela ocorreu. O estudo foi esclarecer o controverso papel que o estresse tem na infertilidade. Devido ao grande sucesso dos tratamentos de RHA em superar a infertilidade, as causas clínicas se tornaram pouco relevantes, porém continuar a esclarecer os fatores associados à otimização da fertilidade natural é extremamente importante.

Um psicoterapeuta pode ajudar no processo

Lidar com a dificuldade de engravidar pode se tornar uma tarefa bastante complicada, principalmente quando falamos em controlar as expectativas que envolvem cada fase do tratamento. Por estes motivos muitas clínicas oferecerem acompanhamento psicoterapêutico para os pacientes. Já é comprovado que o acompanhamento de um profissional pode ajudar os pacientes a passarem por esse processo tão cansativo emocionalmente.
Fonte: vidafertil.com.br
Postar um comentário
 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!