Ultimas

medicina

biologia

Acompanhe:

Sorria - 10 Alimentos Que Clareiam os Dentes de Forma Natural

Quem é que não quer ter um sorriso lindo com dentes brancos e brilhantes para expressar alegria, satisfação e até mesmo saúde? 

Existem muitos produtos no mercado que afirmam deixar os dentes tão brancos como uma porcelana, mas a maioria contém produtos químicos de clareamento abrasivos que também podem danificar o esmalte, a camada protetora dos dentes. 
  
Esses produtos não são adequados para todos, pois algumas pessoas têm dentes mais sensíveis do que outras, e o uso prolongado dos mesmos pode causar danos até mesmo no curto prazo, se os dentes forem sensíveis. Portanto, aqueles que estão em busca de um sorriso branco e brilhante podem fazer uso desses 10 alimentos que selecionamos e que vão clarear os dentes naturalmente, de forma saudável e deliciosa, evitando esses produtos tão fortes. 

 
1. Morangos 

Todos nós amamos morangos, e, além do seu sabor maravilhoso, eles também podem ser utilizados como um branqueador natural de dentes. Os morangos contêm ácido málico, que dissolve manchas na superfície dos dentes e os branqueia naturalmente, conforme comprovado por resultados em um estudo realizado no Departamento de Cirurgia Oral e Bucomaxilofacial da Faculdade de Medicina da Universidade de Bolonha, na Itália. Para isso, você pode apenas consumir os morangos naturalmente, mas, para ter um efeito ainda mais eficaz, pode usá-los como pasta de dente. Amasse-os, aplique um pouco de pasta de dente comum ou bicarbonato de sódio, coloque na sua escova e escove os dentes. Enxágue e desfrute de um sorriso branco brilhante e natural.

  
2. Couve-flor
Vegetais mais duros, como couve-flor e brócolis, são muito úteis quando se trata de higiene dental. Ao serem mastigados crus, você terá uma ação semelhante à escovação, e isso vai ajudar a remover as manchas. A maravilhosa couve-flor tem muitos benefícios para a saúde. Além disso, quando mastigada crua por vários minutos, aumenta a produção de saliva na boca que ajuda a remover as manchas dos dentes, criando uma combinação natural e eficaz que manda as manchas para longe.
3. Iogurte 

O iogurte e outros produtos lácteos, como o queijo, têm o mesmo efeito que o brócolis e a couve-flor, pois causam excesso de saliva na mastigação, e isso ajuda a remover manchas dos dentes. Esses alimentos maravilhosos também contêm ácido lático, que dissolve sujeiras nos dentes, deixando sua boca fresca e o seu sorriso mais brilhante do que nunca. 
 
4. Abacaxi
Como resistir ao suculento abacaxi, ainda mais quando está calor? Além do sabor marcante, o abacaxi também tem a capacidade de limpar naturalmente nossos dentes. Em um estudo publicado em 2012, foi comprovado que o abacaxi remove manchas nos dentes de forma efetiva, graças a uma enzima bromelina contida na fruta. A bromelina provoca a quebra de proteínas que ficam nos dentes e que formam manchas, deixando-os mais limpos. Por isso, consuma mais abacaxi e sorria!
5. Cebola 

Se você torce o nariz para a cebola crua por causa do sabor ardido e da textura, pode mudar de ideia agora. Este alimento picante contém compostos minerais de enxofre que impedem a formação de placa nos dentes e ajudam a mantê-los limpos. É claro que ninguém gosta do hálito causado pela cebola crua, mas você pode acabar com isso usando um enxaguante bucal, escovando os dentes ou até mesmo mastigando um punhado de salsa.

  
6. Maçã 

Médicos e nutricionistas sempre recomendam o consumo de pelo menos uma maçã por dia, pois isso já vai fazer muito bem à sua saúde. O que muitos não sabem é que também pode reduzir suas consultas ao dentista. Mastigar uma maçã estimula a boca assim como uma escovação, e acredite, ajuda a remover restos de alimento dos dentes (mas não substitui o fio dental). Além disso, a maçã tem uma alta concentração de água, o que estimula a produção de saliva, que, como mencionado acima, ajuda a limpar os dentes com mais eficácia e ajuda a eliminar manchas desagradáveis.
7. Aipo
Graças ao seu sabor fresco e levemente adocicado, o salsão é ingrediente essencial em muitas receitas, principalmente para deixar as saladas mais saborosas. O que você talvez não saiba é que ele ajuda a clarear os dentes, pois contém alto teor de água. Isso ajuda a fortalecer as gengivas e também ajuda a eliminar pequenas partículas de alimentos da nossa boca. Além disso, a textura crocante deste vegetal faz com que ele automaticamente limpe os dentes e ajude a remover substâncias que ficam nos dentes, responsáveis pela formação de manchas. 
 

  8. Salmão
Para que possamos deixar nossos dentes brancos, saudáveis e fortes, é essencial que nosso organismo receba cálcio e fósforo suficientes para fortalecer os ossos. O salmão é um peixe maravilhoso e repleto de benefícios. Ele é rico em vitamina D, o que provoca a absorção desses dois minerais essenciais, ajudando a fortalecer os dentes, e assim também contribui para manter o branco natural. Consumir salmão ajuda a remover e evitar manchas nos dentes, ao mesmo tempo que os fortalece, e assim evita danos estruturais que podem surgir posteriormente. 
9. Nozes
Uma boa dica para deixar nossos pratos mais gostosos no dia a dia é incluir nozes e sementes. Você pode incluir sementes de girassol nas saladas, ou comer nozes e amêndoas durante o dia no lanchinho da tarde. Com isso, você também colhe os benefícios desses alimentos, que ajudam a clarear os dentes. Por serem mais duros, ao serem mastigados, eles "escovam" os dentes e removem manchas indesejadas.

  
10. Cogumelos shiitake 

O cogumelo é um ingrediente maravilhoso que pode ser usado em uma variedade de pratos, e também tem o benefício de ser um clareador natural de dentes, especialmente o shiitake. Estes cogumelos pequenos e carnosos contêm um açúcar natural chamado lentinano, o que impede a decomposição dos dentes e a formação da placa em toda a cavidade bucal. Isso faz com que os dentes não acumulem substâncias que causam manchas, e tem a enorme vantagem de melhorar significativamente a saúde bucal.
Portanto, se você está sentindo um certo desconforto em relação aos seus dentes e quer deixá-los mais branquinhos, brilhantes e lindos, deixe de lado aqueles produtos abrasivos e opte por esses alimentos gostosos e saudáveis. Além de fazer bem ao seu sorriso, também fará bem à sua saúde.
Fonte: tudoporemail.com.br

Pílula Inteligente É Lançada no Brasil - Estimulante Cerebral Mais Potente do Mundo

Especialistas afirmam que a maior parte das pessoas utiliza apenas 10% da sua capacidade cerebral. E se existisse uma pílula que pudesse desbloquear os 90% restantes? 

Testes clínicos mostraram que os ingredientes desta pílula podem estimular o poder cerebral, aguçar sua mente e aumentar exponencialmente seus níveis de energia. - Confira na matéria:

Nesta semana, uma nova pílula tem causado muita controvérsia na indústria médica e farmacêutica. Chamada por alguns cientistas de "Viagra para o Cérebro", o suplemento que inspirou o filme "Sem Limites" acabou de ser legalizado no Brasil. 

No filme, o ator Bradley Cooper vive um escritor que descobre uma droga capaz de aumentar seu foco e inteligência, dando-lhe uma vantagem sobre todo mundo. No filme, a pílula vem acompanhada de efeitos colaterais, que foram adicionados para dar mais emoção à trama. Na vida real, o suplemento (vendido aqui no Brasil sobre o nome de LECTUS) não possui nenhum efeito colateral, pois seus ingredientes são 100% naturais. 

Contamos aqui a história de um escritor que descobre uma droga capaz de aumentar seu foco e inteligência.
 
Nos Estados Unidos, a pílula já deu muito o que falar, sendo utilizada por megaempresários e cientistas proeminentes. Alguns cientistas chegaram a afirmar que a pílula dá uma vantagem injusta àquelas pessoas que a tomam, e querem que o suplemento seja proibido. Ainda nos EUA, estudantes das melhores universidades do país, como Harvard e Stanford, afirmam que fazem uso diário do suplemento para aumentarem seu desempenho. 

O suplemento tem seu efeito mais pronunciado em homens de 18 a 40 anos, devido à reação dos ingredientes do suplemento a um gene chamado NRXN3, presente apenas no DNA masculino. A maioria diz ficar com capacidades de memória elevados, super-focados e com altos níveis de energia. Alguns usuários também relatam diminuição dos níveis de stress associados ao alto volume de trabalho.

Testado Clinicamente - Quais são os Resultados?

Após realizar testes com mais de 2000 indivíduos, o Instituto de Neurociências da Universidade de Harvard revelou que LECTUS aumentava a atividade cerebral ligada à memória em 138%, e aquela ligada ao raciocínio lógico em 85%. Participantes realizaram testes antes e depois de tomarem a pílula, e na média viram um aumento de 47 pontos na capacidade de concentração, memória e produtividade geral!
"97% dos participantes reportaram um aumento da amplitude mental e capacidade de memória. Outros participantes tiveram sucesso com zero ansiedade ou se sentirem assoberbados em situações de pressão. " - Pesquisa da INUH.
 
Para medir o desempenho dos participantes, foram realizados diversos testes de lógica, memória e raciocínio. Dos participantes que tomaram LECTUS, 97% tiveram uma melhora no seu desempenho. A maioria relatou sentir-se relaxado, focado e à vontade durante a bateria de testes que duraram até 6 horas. 

O Instituto de Neurociências da Universidade de Harvard realizou um teste com mais de 2000 indivíduos do sexo masculino. 97% deles apresentaram resultados similares aos mostrados na foto, com a ativação das áreas cerebrais ligadas à memória, raciocínio e pensamento lógico.
  • Está provado cientificamente que o LECTUS:
  • Acelera o Raciocínio em 85%.
  • Aumenta em Média 47% a Capacidade de Concentração, Energia e Produtividade.
  • Inibe a Atividade nas Áreas do Cérebro Relacionadas ao Stress e Cansaço.
  • Aumenta a Capacidade de Memorização em 138%.

Nós Fizemos o Teste: LECTUS é Tudo Isso Mesmo?

Com tantos elogios da mídia e diversas opiniões de pessoas que usaram e aprovaram LECTUS, nós aqui da redação decidimos verificar se o suplemento realmente era aquilo tudo que prometia ser. Achar voluntários não foi difícil, pois quase todos da redação se ofereceram pra testar. No final, resolvemos escolher nosso editor-chefe, Carlos Ferreira, para ser a cobaia. Abaixo segue o relato dele após 2 semanas tomando LECTUS:
Meus Resultados - 2 Semanas Tomando LECTUS
Para começar nosso estudo, a primeira tarefa foi encontrar um frasco de LECTUS. Devido à grande procura, nós tivemos de esperar 2 semanas para conseguir comprar, pois estava esgotado no site oficial. 

No primeiro dia, eu tomei uma pílula de manhã ao chegar ao escritório, e segui minha rotina normal. Talvez uns 20 a 30 minutos depois, comecei a sentir uma sensação diferente. Eu só posso descrever se minha mente estivesse muito calma, em silêncio. Era como se eu recém tivesse acordado, um pouco zonzo, mas era muito diferente. Estava zonzo, mas ao mesmo tempo super focado. Comecei a me sentir muito bem, e dei conta de todos os meus emails que tinham acumulado durante a semana em menos de 45 minutos. 

O tempo parecia passar de uma forma diferente, e eu já tinha terminado todas as minhas tarefas para aquele dia antes mesmo das duas. Comecei a trabalhar em uns projetos pessoais, e me sentia tão revigorado que resolvi ir à academia, coisa que já não fazia há meses. 

Durante os outros dias que tomei LECTUS, os efeitos foram os mesmos: meu tempo na redação era muito produtivo, eu conseguia pensar com muita clareza e resolver problemas difíceis em poucos minutos. Todo mundo ficou impressionado com meu desempenho, e alguns dos meus colegas começaram a tomar também logo que viram o efeito que LECTUS teve em mim. 

Após 2 semanas tomando LECTUS, eu posso dizer que ele é realmente tudo o que promete ser, e mais. Eu particularmente já havia tomado modafinil (um remédio controlado) para o mesmo fim, mas LECTUS é de longe a melhor coisa que já experimentei, e o melhor de tudo, sem efeitos colaterais.

LECTUS é Seguro?

Quando as pessoas ouvem falar dos efeitos de LECTUS, muitos se perguntam quanto aos efeitos colaterais de um suplemento com tamanho poder. Afinal, estamos acostumados ao fato de que drogas que aumentem a capacidade humana (tanto física quanto mental) tenham algum tipo de prejuízo para saúde. 

Felizmente, este não é o caso com LECTUS. As substâncias contidas no suplemento são de origem 100% natural, e já vêm sido usadas isoladamente há séculos, sem nenhum prejuízo. Além disso, após diversos testes clínicos, nenhum paciente apresentou sinais de efeitos colaterais.
Vai funcionar para você?
Dificilmente recomendamos algum produto no nosso site, mas com as evidências de que funciona e a satisfação garantida, sentimos que nossos leitores iriam gostar da dica. 

A empresa responsável pela venda de LECTUS no Brasil confia tanto no seu produto, que oferece uma garantia de 100% de satisfação, basta entrar em contato com a empresa caso não estiver satisfeito.
Fonte:saudeboaforma.org

Conheça as Particularidades de Cada Um dos Seus 5 Sentidos!

Os sentidos são responsáveis pela nossa capacidade de interpretar o ambiente, ou seja, captar diferentes estímulos ao nosso redor. 

Sem os sentidos não seríamos capazes de perceber as variações do meio e, consequentemente, de produzir uma ação adequada diante de um perigo. Tradicionalmente, aceitamos que os seres humanos possuem cinco sentidos principais: visão, olfato, paladar, audição e tato.

Imagine, por exemplo, que há um vazamento de gás em sua cozinha. Os gases que compõem o gás de cozinha não possuem cheiro, mas substâncias são adicionadas para que sejamos capazes de perceber um vazamento. Uma pessoa incapaz de perceber odores não saberia identificar o perigo, podendo, por exemplo, provocar uma explosão ao acender um fogo.

Receptores sensoriais

Essa capacidade de perceber o meio é possível graças à presença de receptores sensoriais, que captam os estímulos e transformam-nos em impulsos nervosos. Estes são interpretados em centros específicos do sistema nervoso, que produzirá respostas adequadas àquele estímulo. Esses receptores estão localizados nos chamados órgãos dos sentidos.

Os receptores sensoriais podem ser classificados a partir do estímulo que são capazes de perceber. Os principais receptores são:
  • Quimiorreceptores - São receptores capazes de perceber estímulos químicos;
  • Fotorreceptores - São receptores capazes de perceber estímulos luminosos;
  • Mecanorreceptores - São receptores capazes de perceber estímulos mecânicos, como pressão e toques;
  • Fonorreceptores - São receptores capazes de perceber estímulos sonoros. Muitos autores consideram esses receptores como mecanorreceptores.
 → Os sentidos

Visão: Sentido relacionado com a captação de luz e a formação de imagens. Os receptores sensoriais desse sentido estão localizados nos olhos, mais precisamente na retina. Os receptores sensoriais da visão, que são fotorreceptores, são chamados de cones e bastonetes.

Audição: Sentido relacionado com a captação e percepção das ondas sonoras. Os receptores sensoriais desse sentido estão localizados em uma região da orelha denominada de cóclea. Esses receptores são do tipo mecanorreceptores.
Olfato: Sentido responsável por captar o odor das partículas químicas presentes no ar. Os receptores sensoriais relacionados com esse sentido estão localizados no epitélio olfatório, localizado no alto da cavidada nasal, e são quimiorreceptores.

Paladar: Sentido relacionado com a percepção dos sabores dos alimentos. Os receptores responsáveis por esse sentido estão presentes em estruturas chamadas de papilas gustativas, distribuídas por toda a língua, palato, faringe, epiglote e laringe. Os receptores sensoriais, assim como os do olfato, são quimiorreceptores. O paladar e o olfato trabalham juntos na percepção dos sabores.

Tato: Sentido responsável por permitir a percepção de texturas, dor, temperatura e pressão. Os receptores relacionados com esse sentido são do tipo mecanorreceptores e estão presentes em toda a pele, mucosas e algumas vísceras. Existem diferentes receptores, cada um relacionado com um tipo de estímulo tátil diferente.
Fonte: brasilescola.uol.com.br

Conheça os 16 Benefícios de Cochilar Diariamente

Teve uma noite difícil? Você pode querer tirar uma soneca durante o dia. Estudos mostram que o ato de cochilar fará você se sentir melhor quase que imediatamente. 

De fato, um cochilo diário entre 20 a 90 minutos, antes das 16 horas, aumentará seu desempenho mental, reduzirá suas chances de ganhar peso e fará com que você se sinta mais disposto. A melhor parte? Uma pequena soneca da tarde não interrompe seu sono noturno. Aqui estão 16 razões para tirar um cochilo diário.
















Fonte: tudoporemail.com.br

Derrame Pleural - Acúmulo de Líquido Entre as Pleuras

O derrame pleural acontece na região entre o pulmão e a membrana externa, que é chamado de espaço pleural, essa doença é o acumulo de liquido que acaba criando ali naquele espaço. 

Acontecendo esse excesso de liquido naquele local atrapalha o trabalho do pulmão que sendo assim atrapalhando a respiração da pessoa, por isso deve se fazer o tratamento o mais rápido possível, para retirar todo aquele liquido que possui ali naquele espaço. Essa doença é um sintoma de outra doença que esta causando o derrame pleural, por isso deve ser feita uma consulta médica o mais rápido possível, para ser feito o tratamento.

O que é derrame pleural? E o que causa o derrame pleural?

O derrame pleural é apenas um sinal de uma doença que você já possui, entre essas doenças existem muitas, que logo abaixo será citado algumas doenças que causam o derrame pleural. Em casos normais existem apenas 10 ml de liquido no espaço pleural, porém quando a pessoa possui alguma inflamação nos pulmões, ou algum tipo de problemas cardíacos acaba influenciando a aumentar esse liquido naquele espaço, causando o problema de derrame pleural, que afeta em vários fatores na saúde da pessoa.

Quando não acontece o tratamento dessa doença vai acumulando lentamente mais liquido naquele local, que acaba ficando um caso mais grave e delicado para fazer o tratamento, pois causa muita pressão no pulmão, que dificulta a respiração, causa dor no peito, dessa pessoa que esta com essa doença.

Existem tratamentos para o derrame pleural?

Sim, existem vários tipos de tratamento para o derrame pleural, basta saber qual é o seu caso, e sintomas, pois existem casos que o organismo absorve normalmente e sendo assim basta apenas fazer novos raios x para saber o que esta acontecendo, se realmente esta melhorando. Casos mais graves o médico faz a drenagem daquele liquido que possui ali na região. Porém se a doença que esta causando o derrame pleural não for tratada, sempre irá voltar aquele liquido lá, por isso sempre deve se fazer tratamento da doença que esta causando isso primeiro, e junto tratar o derrame pleural. Procure um médico especialista na área, e ele saberá o melhor a se fazer, que o derrame pleural é apenas um sinal para descobrir a outra doença que você possui, por isso tente saber a doença que esta causando o derrame pleural primeiro.

Quais são os sintomas do derrame pleural?


Os sintomas irão depender da doença que esta causando o derrame pleural, pois o derrame não acontece sozinho, ele é apenas um sinal para outra doença que precisa ser tratada para não acontecer mais o acumulo de líquido naquela região, por isso o mais importante a se fazer é descobrir qual é a doença que esta causando isso, e já fazer o tratamento dela, para depois tratar do derrame pleural para que ele não volte a acontecer de novo.

Porém, existem uns sintomas que são mais comuns:

  • Muita tosse
  • Falta de ar
  • Dificuldade na hora de respirar
  • Febre acima de 38ºC
  • Dor na região do peito na hora de respirar fundo.
Caso você tenha algum desses sintomas procure um médico, pois quanto mais rápido você descobrir essa doença, mais fácil irá ser o tratamento, o médico irá te examinar e logo em seguida irá pedir um raio-x para saber como esta sua região pleural, se possui liquido ali, a quantidade e etc.

Quais doenças podem causar o derrame pleural?

O derrame pleural não é apenas uma doença comum, e sim a manifestação de outras doenças, que faz com que crie esse líquido ali na região pleural. Essas doenças que ajudam a causar a doença de derrame pleural são:
  • Pneumonia;
  • Insuficiência cardíaca;
  • Problemas cardíacos;
  • Diálise peritoneal;
  • Cirrose;
  • Insuficiência Renal de uma forma mais avançada;
  • Hipotireoidismo;
  • Tuberculose;
  • Embolia pulmonar;
  • Entre outras doenças que são autoimunes;
Essas doenças acima são as que ajudam no fator de aumentar o derrame pleural, aumentando cada vez mais aquele liquido que possui ali naquele local, o tratamento deve ser feito o mais rápido possível, pois ele pode vir a ser um caso mais grave cada vez que o liquido lá dentro aumenta, por isso procure um médico especialista na área, pois existem caso que podem ser tratados com remédios, porém os casos mais graves só podem ser tratados com drenagem. O derrame pleural acontece com um sinal para descobrir outra doença, pois o derrame pleural não acontece sozinho, possui uma doença por trás que causa isso, que são algumas dessas doenças acima.

Como diagnosticar o Derrame Pleural?

A primeira coisa que o médico especialista irá fazer é pedir um raios-X, isso logo após de saber os sintomas que você tem, no raio x irá aparecer o liquido caso possuir lá na região pleural. Logo após ter feito isso, ele vai pedir uma serie de exames para saber o que esta causando o derrame pleural na pessoa, irá te examinar para saber os sintomas, e assim irá ver um tratamento adequado para fazer com a certa doença, e para depois começar o tratamento do derrame pleural, fazendo drenagens, possivelmente tomando alguns medicamentos.

Tipos de Derrame Pleural

Existem dois tipos de derrame pleural, e logo abaixo vamos explicar cada um deles.
Existe o Transudato e Exsudato que basicamente é a base para saber a causa real do derrame pleural.
  • O transudato é o que tem o liquido pleural transudativo é transparente, sem cor, com pouquíssima concentração de proteínas, sem células ali naquele liquido, que acaba sendo igual ao liquido pleural normal. Ele pode ser causado por insuficiência cardíaca, síndrome nefrótica, cirrose, insuficiência renal, entre algumas outras doenças.
  • E o outro tipo de derrame pleural, o Exsudato, que possui o liquido exsudativo que é muito rico em célular inflamatórias e em proteínas, tem como aparência opaca e viscosa, e as vezes uma coloração vermelha clara, da mistura do sangue com o liquido, apontando assim que pode ter um infecção ali na região, pode apresentar sinais de pus também. Normalmente ocorre com a inflamação da pleura, e que pode ser causado por vários tipos de doença que possui alguma inflamação, como doenças sistêmica ou cânceres, essas doenças são: Pneumonia, tuberculose, radioterapia, pancreatite, lúpus, embolia pulmonar, artrite reumatoide, linfoma, complicações intra-abdominais, peritonites, cânceres que possui metástases para a pleura, entre outras muitas doenças.
Este foi mais um artigo para te informar um pouco mais sobre o Derrame Pleural, esperamos ter ajudado de alguma forma, caso ficou alguma duvida ainda, procure um médico e ele saberá como te explicar melhor, e fazer o melhor tratamento para você.
Fonte: abesenacional.com.br

saúde

curiosidades

psicologia

 
Copyright © 2011 - 2014 O Controle da Mente - A Ciência em Ação!